Menu
quinta, 22 de abril de 2021
Cidade

Campanha solidária busca proporcionar independência e dignidade para cadeirante

Pai e filha se unem e promovem show de prêmios; dinheiro arrecadado será para comprar cadeira de rodas motorizada para Márcio Lazarini

22 Jan 2018 - 08h18
Foto: Marcos Escrivani - Foto: Marcos Escrivani -

Com o lema "Faça o bem sem olhar a quem", Hélio Riccó, 71 anos e sua filha, Rita de Cássia Riccó dos Santos, 44 anos, se uniram e organizaram um show de prêmios que será realizado no dia 10 de fevereiro, a partir das 19h30, no salão de festas da Igreja Santa Isabel (rua Padre Joaquim C. de Camargo, 44 - Vila Izabel).

O dinheiro arrecadado, será para a compra de uma cadeira de rodas motorizada para Márcio José Lazarini, 42 anos, que teve sua perna direita amputada, devido a um derrame. Houve complicações e ele ficou com sequelas, tendo os movimentos das mãos afetados, bem como sua dicção. "Ele fala com extrema dificuldade e faz gestos para se comunicar", disse Rita de Cássia.  

SOLIDARIEDADE

Hélio e Rita disseram que não conheciam Márcio. Mas, a solidariedade, falou mais alto, quando notaram que ele subia a rua General Osório de costas com sua cadeira de rodas convencional. "Além de não proporcionar conforto, ele usa apenas seu pé esquerdo para subir a rua da praça da Igreja de São Benedito até o Restaurante Bom Preço, onde almoça diariamente. Ele não tem forças nas mãos devido o derrame", contou Rita.

A superação e o esforço de Márcio tocaram pai e filha. "Com os pés ele fazia o esforço sozinho. E isso, nos motivou a promover esta campanha beneficente", contou Hélio.

Márcio, faz trabalhos alternativos, na praça da Igreja de São Benedito, onde olha e pinta placas de veículos. "É o ganha pão dele, pois sobrevive com um salário mínimo mensal e paga aluguel em uma pensão no Tijuco Preto", comentou Rita de Cássia.

"Com todo esse sacrífico, ficamos comovidos e sensibilizados a ajudar ele. E pedimos que as pessoas compartilhem essa ideia", emendou.

PRENDAS E BRINDES

Uma cadeira de rodas motorizada custa aproximadamente R$ 8 mil e para que o valor seja alcançado, há necessidade de brindes e prendas para serem ofertadas no show de prêmios. Bem como frangos e bebidas que serão comercializados no dia.

Por este motivo, Hélio e Rita de Cássia realizam paralelamente uma campanha para arrecadar donativos de pessoas que possam colaborar.

"Quem puder doar frangos assados, bem como bebidas, agradeceríamos. Além de brindes e prendas. Tudo em prol do Márcio", disse Hélio.

Os donativos poderão ser entregues na rua General Osório, 531, centro (A Rainha dos Calçados), ou ainda pelos fones 3411-1265, 99786-9479 ou 997425446 (WhatsApp - Cássia). "Iremos buscar o donativo", disse.

A HISTÓRIA DE MÁRCIO

Filho de Joel Lazarini e Cleusa de Oliveira Lazarini (já falecidos), Márcio nasceu em São Paulo, onde viveu até os 33 anos, quando sofreu o derrame. Por conta de problemas pessoais, acabou virando alcoólatra e vivia sozinho.

Quando foi acometido pelo derrame e vários problemas de saúde, teve sua perna direita amputada. Teve seguidas infecções e não conseguia a cura.

Um irmão, que morava em São Carlos, o convenceu a mudar de cidade. Passaram a residir juntos e a partir daí,, com tratamento de saúde adequado, conseguiu melhorar sua qualidade de vida.

Contundo, como teve sequelas e sua perna direita amputada, sua fala não é normal e os movimentos dos braços não tem força necessária. Foi se adaptando a vida conforme conseguia e hoje se vira sem ajuda de ninguém, mas não tem mais contato com familiares.

"Márcio tem uma vida normal, mas sua deficiência e seu esforço físico dependem do movimento da perna esquerda para locomover em sua humilde cadeira de rodas. Quem o conhece, já viu sua dificuldade e sua superação para subir as ruas de nossa cidade. Mediante tudo isso, e sensibilizados com tal situação, vejo a necessidade de adquirir a cadeira de rodas motorizada, ele precisa de nossa ajuda", finalizou Rita de Cássia.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias