Menu
segunda, 08 de março de 2021
Unidos pelo Davi Gabriel

Campanha irá ajudar criança com paralisia cerebral e que necessita de cadeira adaptada e andador

03 Out 2019 - 12h23Por Marcos Escrivani
Campanha irá ajudar criança com paralisia cerebral e que necessita de cadeira adaptada e andador - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

O São Carlos Agora conclama, mais uma vez, a população solidária de nossa cidade para que abrace uma causa solidária e proporcione conforto, segurança e qualidade de vida para uma criança que tem paralisia cerebral.

O pequeno Davi Gabriel, de apenas 5 anos, necessita de uma cadeira de rodas adaptada avaliada em R$ 3,8 mil e um andador que custa hoje, R$ 3,41 mil.

Filho do padeiro e garçom Elias Barbosa da Silva, 28 anos e da dona de casa Ana Paula Ferreira da Silva, 27 anos, é palmeirense, filho único. “É nosso príncipe, nosso anjo da guarda”, disse a orgulhosa mamãe. A família reside na rua Rafael Manzini, no Jardim Itamaraty.

“O Davi possui hoje este equipamento. Mas ele cresceu e necessita de novos aparelhos para a sua segurança, conforto e qualidade de vida”, explicou Ana Paula. “Ele possui uma subluxação do quadril a qual se ele não fica sentado em uma cadeira adequada. Pode estar piorando este quadro e assim necessitando de cirurgia. O uso do andador também e necessário pois quanto mais tempo conseguir ficar em pé fazendo descarga de peso no quadril isso contribui para a sua melhora”, emendou.

A cadeira é utilizada para longas distâncias. Ambos são também utilizados na escola e são essenciais para qualidade de vida dele”, complementou Ana Paula.

Entretanto, os pais de Davi Gabriel não possuem condições financeiras para adquirir a cadeira de rodas adaptada e o andador e por este motivo foram criadas duas campanhas paralelas.

Uma ação social foi idealizada pela Pizzaria Ravenna localizada no Jardim Santa Felícia e denominada “Um dia especial para o Davi!”

Na quarta-feira, dia 9, parte da renda do rodízio oferecido pelo estabelecimento comercial será revertida para a compra do equipamento.

O rodízio individual será de R$ 36,90 e terá música ao vivo a cardo de Thiago Branco. Informações e reservas apenas pelo telefone 16 33663120.

A Ravenna Rodízio fica na Rua Miguel João, 1.100 (antigo Beatnicks).

A outra campanha é diretamente na conta poupança do pequeno são-carlense:

Conta poupança Itaú

Agência 4470

Conta 32339-7

Davi Gabriel Ferreira da Silva

48465333874

O desafio está lançado: um momento de união e carinho entre todos para proporcionar dias melhores para o guerreiro Davi Gabriel e para os papais Elias e Ana Paula. Vamos ajudar?

COMO COMEÇOU

Ana Paula teve uma gestação tranquila e o parto normal aconteceu após 40 semanas e cinco dias. Quando nasceu, Davi Gabriel inalou mecônio (*) e com dificuldades para respirar, ficou internado uma semana na UTI Neonatal da Santa Casa, onde correu risco de morte e teve sua saúde agravada.

Quando restabeleceu sua saúde, foi para o berçário e recebeu alta. Passou a tomar medicamentos fortes durante um mês e a inalação do mecônio comprometeu a sua coordenação motora e por fim, constatada a paralisia cerebral após quatro meses.

Desde então, Davi Gabriel passa por sucessivos tratamentos para que possa ter conforto e qualidade de vida. “Procuramos dar tudo o podemos. O que está ao nosso alcance. Mas não temos condições de comprar o andador e cadeira de rodas. Por isso pedimos ajuda e agradecemos a Deus a oportunidade de contar com a solidariedade da população”, finalizou Ana Paula.

(*) O QUE É MECÔNIO

Mecônio ou mecónio constitui-se nas primeiras fezes eliminadas por um mamífero recém-nascido.

O mecônio é uma substância escura, de tom esverdeado, viscosa. Sua eliminação é creditada ao estímulo provocado pela ingestão do colostro, em razão do seu elevado índice de colesterol, ao qual se atribui propriedades laxantes.

O mecônio interessa à Neonatologia pois pode ser responsável por um dos males que afetam o recém-nascido, a chamada síndrome da aspiração de mecônio.

O mecônio é também um dos componentes encontrados no líquido amniótico que, com o desenvolvimento da gravidez, torna-se cada vez mais turvo e espesso em razão do aumento das excreções fetais.

Mecônio é um material fecal de cor esverdeada bastante escura, produzida pelo feto e normalmente é expelida nas primeiras 12 horas após o nascimento.

Às vezes, o mecônio é expelido antes do parto, colorindo o líquido amniótico que normalmente é de cor clara. Esse fenômeno é anormal e pode indicar sofrimento fetal.

Há um risco de que o bebê inale este líquido chamado líquido meconial, o que pode causar crise respiratória por obstrução e inflamação de suas vias aéreas. Esse risco é evitado desobstruindo-se por aspiração as vias aéreas do recém-nascido imediatamente após o nascimento.

Em alguns casos, é necessário recorrer, durante o parto, uma técnica chamada amnioinfusão, que consiste em diluir o líquido amniótico diretamente na cavidade uterina com um soro adequado.

Na situação inversa, um atraso na emissão do mecônio depois do nascimento, pode indicar obstrução das vias digestivas, paralisia intestinal ou malformação. Um sintoma de ambos: doença de Hirschsprung e fibrose cística é a incapacidade de passar a fase do mecônio. O mecônio é normalmente reservado no intestino do bebê até após o nascimento, mas às vezes é expelido para o fluido amniótico (também chamado de "licor amniótico") antes do nascimento ou durante o trabalho de parto. O fluido amniótico (chamado de "licor de mecônio") é reconhecido pela equipe médica como um sinal de sofrimento fetal, e coloca o recém-nascido em risco de aspiração de mecônio.

Mecônio pode ser testado para várias drogas. Um grupo de pesquisa canadense do Hospital para Crianças na Universidade de Toronto, mostrou que através da medição de um subproduto de etanol (FAEE) poderiam detectar objetivamente bebês expostos a muito álcool no sangue das mães durante a gestação.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias