Menu
quinta, 25 de fevereiro de 2021
Cidade

Campanha de Vacinação contra a Gripe começa neste sábado

27 Abr 2016 - 19h04
0 - 0 -

Seguindo orientações do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) do Estado de São Paulo, a Secretaria Municipal de Saúde de São Carlos, inicia neste sábado (30), em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Unidades da Saúde da Família (USFs), a Campanha de Vacinação contra a Gripe H1N1. Nesta primeira etapa, devem receber as doses da vacina as crianças entre 6 meses a 5 anos de idade, trabalhadores da saúde, mulheres grávidas ou até 45 dias após o parto e as pessoas com 60 anos ou mais.

Além das unidades de saúde, também serão montados postos volantes no Calçadão, localizado na General Osório; na Unidade 1 da Fundação Educacional São Carlos (FESC), localizada na rua São Sebastião, 2.828 (antigo Campo do Rui) e no Salão de Igreja Santo Antonio na Vila Prado; que atenderão somente trabalhadores da área da saúde, mulheres grávidas ou até 45 dias após o parto e as pessoas com 60 anos ou mais de idade, portanto crianças não poderão ser vacinadas nesses postos.

Os grupos prioritários interessados em receber a vacina que irá proteger contra os vírus do inverno de 2016 (A/Califórnia (H1N1), A/Hong Kong (H3N2) e B/Brisbane) devem procurar as unidades de saúde ou os postos volantes das 8h às 17 h. Neste sábado, dia 30, também serão oferecidos exames de saúde bucal.

"Por determinação do Secretário Municipal de Saúde, Marcus Petrilli, estamos nos organizando e seguindo todas as orientações do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) do Estado de São Paulo e do Ministério da Saúde, para que todos os grupos prioritários sejam imunizados contra a gripe. Quanto às crianças solicitamos que os pais levem nas unidades que já são atendidas e não esqueçam a carteira de vacinação", destaca Kátia Spiller, enfermeira da Vigilância Epidemiológica.

Os sintomas da Gripe H1N1 são febre (em geral acima de 37 graus), congestão nasal, tosse, dor de garganta, dores musculares, dores nas articulações e coriza, que costumam se manifestar entre dois e três dias após o contágio e duram, em média, uma semana.

A segunda etapa da campanha está prevista para ser realizada a partir do dia 9 de maio, voltada para as pessoas portadoras de doenças crônicas: com carta médica do motivo da indicação da vacina ou receita atual do medicamento que faz uso.

 

Notificações - Até o momento, o município contabiliza 76 notificações da doença, sendo 65 residentes de São Carlos e 11 residentes de outros municípios. Entre estes, 2 resultados foram positivos para H1N1 com 1 óbito. A Vigilância Epidemiológica informa que ainda aguarda 57 resultados do Instituto Adolpho Lutz.

 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias