Menu
sexta, 24 de setembro de 2021
Cidade

Câmara realizou audiência pública sobre orçamento de 2011

08 Nov 2010 - 17h57

A Câmara Municipal realizou na tarde desta segunda-feira (8), uma audiência pública sobre a proposta orçamentária do município para 2011, cumprindo o cronograma de tramitação da matéria no Legislativo. A audiência, presidida pelo vereador Júlio César (DEM) – presidente da Comissão de Economia, Finanças e Orçamento -, contou com presenças dos secretários municipais Rosoé Donato (Planejamento e Gestão), Paulo de Almeida (Fazenda) e Marcos Martinelli (Ciência e Tecnologia) e dos vereadores Equimarcilias Freire (PPL), Ronaldo Lopes (PT), Ditinho Matheus (PMDB, Laíde das Graças Simões (PMDB), Robertinho Mori Roda (PV) e do presidente da Casa Lineu Navarro (PT).

Fixada em R$ 594.862.787,26, a peça orçamentária foi protocolada na Câmara no dia 30 de setembro. O projeto de lei No.315 será votado em 1º turno no próximo dia 16 e em 2º turno na sessão do dia 30 de novembro. O orçamento municipal de São Carlos para 2011 tem crescimento de 10.76%  em relação ao orçamento deste ano. As maiores dotações se destinam para investimentos nas áreas da saúde (R$149 milhões) e educação (R$ 93.987.022,85).

Ao se pronunciar na tribuna da Câmara durante a audiência, o secretário de Gestão e Planejamento, Rosoé Donato, listou entre as prioridades do município para 2011 a Cidade da Energia que se iniciou neste ano de 2010; a continuidade das obras do Boulervard, na região central da cidade; a ampliação das escolas municipais infantis, com a construção de novas escolas - algumas já com obras iniciadas, como a reforma do CAIC onde serão investidos R$2,5 milhões, sendo R$ 2 milhões do Governo Federal e R$ 500 mil da Prefeitura, além da construção das oito novas CEMEIS (algumas também com obras iniciadas) e outras que estão em processo de licitação.

 Quando tratou da questão da saúde, o secretário apresentou metas, como dar continuidade à melhoria do atendimento no setor, principalmente com o funcionamento da UPA (Unidade Pronto Atendimento) da Vila Prado e  construção da UPA no Santa Felícia, redimensionando a questão do pronto atendimento na cidade. Destacou também a continuidade da construção de USF (Unidade de Saúde da Família) em vários bairros da cidade, bem como a ampliação de Unidades Básicas de Saúde.

 Rosoé comentou que no orçamento de 2011, o município tem prevista a utilização de recursos do PAC-2 (Programa de Aceleração do Crescimento), nas obras de drenagem e saneamento básico e também a valorização do servidor municipal, construindo um plano de carreira.

 “A maioria das obras já foi anunciada pelo prefeito Oswaldo Barba, mas sempre ao longo do ano nós normalmente temos novidades e enviamos para a Câmara, que entendendo o desenvolvimento da cidade acaba suplementando o orçamento”, finalizou.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias