Menu
domingo, 07 de março de 2021
Cidade

Câmara Municipal aprova orçamento para 2013

Em apenas 15 minutos, vereadores aprovam, em segunda votação, o Orçamento para 2013.

11 Dez 2012 - 16h54
0 - 0 -

Em 15 minutos, a Câmara Municipal aprovou o Orçamento do Município para o exercício de 2013. O projeto de Lei já havia sido aprovado no dia 11 de novembro, com 19 emendas. Hoje foi a segunda votação, que aprovou em definitivo.

A Secretaria da Saúde tem aprovado um orçamento de R$ 197 milhões, cerca de 30% do valor total de despesas do município que foi fixado em R$ 644 milhões.

Na primeira votação do projeto foi aprovado um remanejamento de R$ 9 milhões, retirado de outras secretarias, para a pasta da Saúde. Segundo o prefeito eleito Paulo Altomani o valor remanejado será usado para a realização das três mil cirurgias eletivas que estão "acumuladas" em São Carlos.

"Esta será a primeira responsabilidade do nosso secretário municipal de saúde, conduzir essas três mil cirurgias eletivas que estão acumuladas em São Carlos e que serão feitas nos próximos quatro ou cinco meses, dependendo da disponibilidade da Santa Casa e da Casa de Saúde", afirmou Altomani.

A área da Educação, que tem o segundo maior valor do orçamento, teve as despesas fixadas em R$ 104 milhões. Verba que entre outras finalidades deve ser usada para a informatização das escolas, a melhoria do ensino e a preparação e capacitação dos professores. "Vamos colocar a informatização em todas as salas de aula, a lousa digital e colocar computador para todos os alunos do 5º ao 9º ano. Tudo isso contando também com uma parceria entre a Prefeitura e o Governo do Estado", afirmou o prefeito eleito.

Assim como o atual prefeito, Paulo Altomani deverá ter a aprovação da Câmara para fazer um remanejamento de até 10% da verba das secretarias. "Portanto pra deixar bem claro, têm a Prefeitura a partir de janeiro total anuência da Câmara para que dentro dos 10% faça o remanejamento que quiser através de decreto e pode ter a certeza que não terá nenhum obstáculo pra votar em caráter de urgência às modificações que serão necessárias", afirmou Lineu Navarro, durante as discussões do orçamento.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias