domingo, 14 de agosto de 2022
Cidade

Bira envia e-mail para Artesp apelando contra a instalação de pedágio na região

08 Jan 2022 - 17h50Por Redação
Bira envia e-mail para Artesp apelando contra a instalação de pedágio na região - Crédito: divulgação Crédito: divulgação
 
Após a Agência Reguladora de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) informar que a Consulta Pública sobre o projeto de concessão do Lote Noroeste termina no dia 10 de janeiro de 2022, o vereador são-carlense Ubirajara Teixeira – Bira (PSD) enviou na tarde de quinta-feira (6) um e-mail ao órgão contra a instalação de uma nova praça de pedágio no km 255 da Rodovia Washington Luís (SP-310), entre São Carlos e Araraquara, passando por Ibaté.
 
O vereador destacou que na rodovia, próximo de onde a ARTESP pretende implantar a nova praça de pedágio, existem outros dois dispositivos, entre 66 quilômetros, sendo um no km 216 em Itirapina e outro no km 282 em Araraquara. “Já são cobradas duras tarifas em um curto espaço e caso venha ocorrer de colocar mais este pedágio, seriam três cobranças muito próximas e isso prejudicará um grande número de pessoas, que terão que desembolsar mais um valor para poder estudar e/ou trabalhar”, observou Bira.
 
Outro fato levantado por Bira no e-mail é que a nova tarifa afetará os produtores rurais, principalmente os pequenos, que cultivam frutas e hortaliças, e encontrarão dificuldades para fazer a venda e o escoamento da produção. “Vale lembrar que os pequenos produtores rurais estão sendo bastante onerados com o aumento de outras taxas, como energia e combustível, e com esta nova praça de pedágio terão que arcar com mais essa tarifa”, disse o vereador.
 
A preocupação com o aumento nos preços dos serviços e de produtos foi outro ponto levantado por Bira. “Como aconteceu em outras regiões quando foram instaladas novas praças de pedágios, os prestadores de serviços que atendem nas cidades de São Carlos, Ibaté, Araraquara e outras da região, incluirão em suas cobranças o valor do pedágio”, argumentou.
 
Para finalizar, o vereador fez um apelo contra a instalação de mais uma nova praça de pedágio na Região Central do Estado de São Paulo. “A população enfrentará inúmeras dificuldades com mais uma cobrança, sendo que na somatória mensal daquilo que é empenhado pelos moradores em um novo pedágio representará, em alguns casos, metade da renda familiar. Por isso, peço aos dirigentes da Artesp para que reflitam antes de tomar a decisão de colocar mais uma praça de pedágio na nossa região”, encerrou Bira.
Na manhã desta sexta-feira (7), a Artesp respondeu que recebeu o e-mail.

Leia Também

Últimas Notícias