domingo, 23 de janeiro de 2022
Terapia criativa

Barrancos se transformam em obras de arte na entrada de Água Vermelha

Chacareiro, por hobby, fez com que a entrada de sua propriedade rural ganha novos contornos e um visual bem diferente

30 Nov 2021 - 07h09Por Marcos Escrivani
Pura criatividade: em barrancos de Água Vermelha, a arte de um "filho da terra" - Crédito: Marcos EscrivaniPura criatividade: em barrancos de Água Vermelha, a arte de um "filho da terra" - Crédito: Marcos Escrivani

O que era uma paisagem sem atrativos, em semanas, passou a ter um novo visual e um barranco na entrada de uma chácara em Água Vermelha ganhou vida através da iniciativa de Júlio César Isaac, 52 anos.

Proprietário de uma chácara na entrada do distrito, resolveu enfeitar o ambiente neste final de semana e diariamente exerce a profissão de pintor ao desenhar e colorir figuras em um barranco. Em 20 dias, já fez oito desenhos como a imagem de Jesus Cristo, de um cavalo, de um boi e de animais e aves silvestres.

Júlio César reside sozinho na chácara e em entrevista ao São Carlos Agora afirmou que sempre gostou de pintar e através desta iniciativa, deu início a um hobby que se transformou em uma terapia.

ATÉ 5 HORAS POR DIA

Logo pela manhã, com o início de um novo dia, o chacareiro levanta e inicia sua lida. Cuida da terra e da criação de animais. Executado o serviço, se prepara, pois logo após o almoço, já tem um compromisso diário: com gesso, cal, tinta (acrílica e colorida), vai para a sua terapia criativa.

“Durante a tarde fico umas quatro ou cinco horas aqui (no barranco). Todo o material que uso são adquiridos através de recursos próprios. Fico imaginando o que poderia criar. Ai deixo a imaginação fluir e vai saindo os desenhos. Como em minha chácara o barranco é alto, vou limpando e dando uma capinada e aos poucos vai surgindo uma nova paisagem”, ponderou.

CANTINHO MAIS BONITO

Nascido há 52 anos em Água Vermelha, Júlio tem orgulho do seu recanto, do seu reino. Um local que considera encantado e lindo. “Mas ele pode ficar ainda mais bonito”, afirmou.

Com a iniciativa das pinturas nesta época de final de ano, ele quer deixar a entrada de sua chácara mais aconchegante. “Com um visual diferente para receber bem todas os visitantes de Água Vermelha”, analisou, uma vez que sua chácara localiza-se na entrada do distrito.

TEM MAIS AINDA...

Hoje são oito desenhos. “Mas o barranco é comprido”. Com esta frase, Júlio afirmou que sua criatividade vai longe e não irá parar. “Cabe mais”, disse. “Pelo menos mais uns sete”, contabilizou.

Desta maneira, a imaginação do artista de Água Vermelha pretende ainda elaborar um trator e uma carreta. Nela, plantar flores e simular um jardim, dando a entender que o caminhão terá uma carga bem especial. “Eu penso, vem a criatividade na hora. E assim vou bolando as imagens”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Últimas Notícias