Menu
domingo, 26 de setembro de 2021
Indignados

Atletas das artes marciais irão protestar contra agressão sofrida por professor de Jiu-Jitsu

Ato em defesa de Romeu Bertho ocorre às 9h desta segunda-feira em frente a Prefeitura Municipal

26 Jul 2021 - 06h39Por Marcos Escrivani
Professor Romeu Bertho, 84 anos, foi vítima de um chute no rosto - Crédito: DivulgaçãoProfessor Romeu Bertho, 84 anos, foi vítima de um chute no rosto - Crédito: Divulgação

Atletas das artes marciais de São Carlos irão realizar um protesto em frente à Prefeitura Municipal a partir das 9h desta segunda-feira, 26. A motivação é a agressão sofrida pelo mestre Romeu Bertho, 84 anos, professor e técnico de Jiu-Jitsu.

Segundo consta em boletim de ocorrência, por volta das 12h de quinta-feira, 22, ele teria sido agredido com um chute no rosto por J.R.O.A.J., 24 anos, após uma discussão de trânsito ocorrida na Avenida Henrique Gregori (https://www.saocarlosagora.com.br/policia/discussao-de-transito-termina-em-agressao-na-vila-carmem/138702/). Consta ainda que o acusado teria ofendido verbalmente Romeu Bertho

Os atletas, na nota de repúdio, afirmam que J.R.O.A.J. possui um cargo de confiança na Prefeitura Municipal e realizaram nas redes sociais convocando outros atletas para o ato. No documento consta ainda que o acusado será responsabilizado civil e criminalmente.

A Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu, indignada com tal atitude também emitiu nota de repúdio sobre a agressão.

CÂMARA EMITE NOTA OFICIAL

No domingo, 25, assinada pelo presidente Roselei Françoso (MDB), a Câmara Municipal emitiu uma nota oficial repudiou o fato e emitiu uma nota oficial, abaixo transcrita:

“NOTA OFICIAL

Diante do lamentável fato ocorrido na última quinta-feira, quando o Mestre Romeu Bertho, de 84 anos, foi brutalmente agredido por um jovem de 22 anos, a  Presidência da Câmara Municipal de São Carlos vem expressar solidariedade ao Instrutor de Jiu Jitsu de renome internacional, cuja trajetória é motivo de orgulho para nosso município.

A comoção social provocada pelo episódio, de grande repercussão nas redes sociais e repúdio expresso da Confederação Brasileira de Jiu Jitsu Esportivo, por meio de nota assinada pelo Mestre Moisés Muradi, são compartilhados pelo Poder Legislativo de São Carlos.

Tendo em vista a gravidade do episódio, a Comissão de Direitos Humanos da Câmara, por determinação da Presidência, acompanhará o processo de apuração deste ato de violência, clamando para que o agressor venha a ser responsabilizado e punido na forma da lei.

Como representante do conjunto da população são-carlense, a Câmara Municipal repudia veementemente todo e qualquer ato de violência e defende a convivência pacífica entre os cidadãos, pressuposto de uma Nação civilizada e sob o primado do estado de Direito.

São Carlos, 25 de julho de 2021

ROSELEI FRANÇOSO

Presidente da Câmara Municipal de São Carlos”

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias