Menu
domingo, 18 de abril de 2021
Cidade

As infinitas cenas que definem uma unidade de ensino e pesquisa da USP

04 Mar 2018 - 02h29Por Denise Casatti
Foto: Arquivo/SCA - Foto: Arquivo/SCA -

O planeta azul invade a tela. Quando a Terra começa a girar, o mapa do Brasil se destaca. Então, o espectador é levado a se aproximar da grande esfera e, aos poucos, mergulha no mapa, onde surgem os contornos do Estado de São Paulo. A seguir, vê a imagem via satélite da cidade de São Carlos e, de repente, aterrissa no Instituto de Ciência Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP.

Essa sequência de apenas 15 segundos marca o início do novo vídeo de divulgação do ICMC. No total, são três minutos que prendem a atenção da plateia e mostram infinitas cenas das atividades de ensino, pesquisa e extensão realizadas no Instituto. O vídeo deu também as boas-vindas aos alunos recém-chegados, que puderam assisti-lo em primeira mão durante a Semana de Recepção aos Calouros, que acontece de 26 de fevereiro a 2 de março em toda a USP.

Fruto de um projeto desenvolvido pela equipe da Seção de Apoio Institucional do ICMC, o vídeo foi editado por Reinaldo Mizutani que, além de trabalhar no Instituto, é aluno do curso de Sistemas de Informação do ICMC. "Estimo que, no total, investimos cerca de 600 horas de trabalho na produção do novo vídeo", diz Reinaldo. Autodidata, o funcionário só descobriu a paixão pela área audiovisual depois que começou a atuar na Seção, em 2013. "Desde o início do projeto, nosso objetivo era que o vídeo se tornasse um cartão de visita do Instituto. Queríamos fugir do padrão tradicional dos vídeos institucionais e buscar uma linguagem mais próxima da que é utilizada por universidades internacionais no Youtube", completa.

Disponível no Youtube e no Facebook, em português e inglês, o novo vídeo também traz informações sobre: os cursos de graduação e os programas de pós-graduação oferecidos pelo ICMC; o processo de internacionalização; os grupos de pesquisa; os grupos de extensão; e as ações realizadas em prol da comunidade. No final dos três minutos, os olhos do espectador são levados de volta ao planeta azul. Se muitos desses olhos ficarem curiosos para ver mais, o novo vídeo terá alcançado sua meta.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias