Menu
sábado, 23 de outubro de 2021
Sem móveis, alimentos e material de trabalho

Após ter casa devorada por fogo, maquiadora pede ajuda

05 Ago 2019 - 07h25Por Marcos Escrivani
Após ter casa devorada por fogo, maquiadora pede ajuda - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Um curto-circuito na fiação elétrica fez com que a maquiadora e designer de sobrancelhas Daya Soares, 39 anos perdesse todos seus bens. A casa onde reside, no Residencial Eduardo Abdelnur, foi destruída pelas chamas. Os móveis, roupas, alimentos e material de trabalho que estavam na sala, cozinha, dois quartos e banheiro, foram destruídos pelas chamas.

A fatalidade aconteceu no dia 11 de julho e foi divulgada pelos órgãos de imprensa. Desde então, sem parentes em São Carlos, onde mora há 15 anos, ela e seu filho de 16 anos (Gabriel), pernoitam na casa de amigos.

Nas redes sociais foi feita uma campanha no sentido de ajuda-la a retomar a vida e buscar a doações para que possa retornar a sua casa, onde mora há três anos.

“Hoje não tenho condições de refazer minha vida”, disse Daya ao São Carlos Agora. “Além dos meus pertences, todo meu material de trabalho estava na casa e perdi tudo devido ao incêndio. Não tenho dinheiro para comprar e por isso peço ajuda e agradeço a Deus a quem puder me dar um auxílio neste momento”, disse.

PERTO DA MORTE

Ainda traumatizada, Daya lembrou detalhadamente o momento em que quase morreu. O incêndio que consumiu sua casa aconteceu na tarde do dia 11 de julho, uma quinta-feira.

“Eram mais ou menos umas 14h30 e eu estava dormindo, pois, tomo antialérgico e faço tratamento para combater a depressão. Tomo remédios fortes. Acabei pegando no sono”, lembrou. “Na verdade, fui salva pela minha cachorrinha Britney, uma vira latinha. Ela pulou em cima de mim até que eu acordasse. Mas estava sonolenta e senti o cheiro de fumaça. Mas pensei que era fogo em algum terreno baldio”, disse. “Quando dei conta, vi que vizinhos arrombaram a porta e me ajudaram a sair da casa. A minha cachorrinha e meus vizinhos me salvaram, mas as chamas estavam grandes e perdi tudo”, lamentou. “Sobraram apenas as paredes”, emendou.

MOMENTO DE SOLIDARIEDADE

Diante de tantos problemas, o São Carlos Agora lança uma nova campanha solidária, no sentido de que pessoas possam doar e ajudar na reconstrução da moradia de Daya.

Ela necessita de móveis para quartos, sala e cozinha (usados, mas em bom estado), alimentos, roupas e material de trabalho (maquiagem e designer de sobrancelhas).

Necessita ainda de materiais hidráulicos e elétricos, pois o encanamento e afiação foram afetados pelo fogo e forte calor que consumiram a residência.

“Não tenho nada hoje e por isso peço ajuda. Quem puder fazer qualquer doação, agradeço de coração e a Deus pelo carinho e pelo conforto”, finalizou Daya que reside na rua Sidney Andrade da Penha, 251, no Eduardo Abdelnur ou entrar em contato pelo WhatsApp 16 99377-0616.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias