Menu
quarta, 21 de abril de 2021
Cidade

Amigos e familiares preparam homenagem para adolescente que morreu em acidente de gaiola

Adolescente de 17 anos morreu no final de semana após um acidente na estrada do Balneário 29 e comoveu São Carlos

26 Out 2017 - 14h58
Morte de Leonardo comoveu a cidade. (foto Facebook) - Morte de Leonardo comoveu a cidade. (foto Facebook) -

Amigo e trabalhador. Funileiro de profissão. Seu hobby: divertir-se aos finais de semana em estradas de terra dirigindo uma gaiola (veículos preparados para trilhas). Mas a tarde de sábado, 21, uma fatalidade, fez com que Leonardo Gini, de apenas 17 anos se envolvesse em um acidente fatal na no Balneário 29.

Sua morte comoveu São Carlos. Desta forma, amigos e familiares, em uma forma de homenagear sua memória, irão realizar na tarde deste sábado, 28, um desfile de gaiolas que irá percorrer o mesmo trajeto do último passeio realizado por Leonardo.

As gaiolas irão se concentrar às 14h em frente à casa da família, na rua Gonçalves Dias, 268, na Vila Marcelino. De lá seguem para a Avenida Getúlio Vargas, depois Jardim Novo Horizonte e seguem até o Balneário 29. No local onde ocorreu o acidente fatal, termina o desfile onde serão feitas homenagens e orações em memória a Leonardo.

MAIS HOMENAGEM

O São Carlos Agora manteve contato com a mãe de Leonardo, Karina Fernandes Coito. Ela informou que sábado, 28, às 19h acontece missa de 7º Dia na Igreja São José, na Vila Monteiro.

No dia 4 de novembro, dia do aniversário de São Carlos, durante desfile, os gaioleiros estarão presente e irão desfilar com camisetas em homenagem a Leonardo, com o rosto do adolescente estampado no peito.

"SEM CHÃO. ERA UM ANJO"

Muito emocionada, Karina não conteve as lágrimas ao comentar sobre seu filho. "Ele trabalhava em uma funilaria. Era um bom menino. Tinha muitos amigos e seu único hobby era dirigir gaiola aos finais de semana. Economizou seu dinheiro, comprou e equipou um veículo que cuidava com carinho", disse, aos prantos.

Ao ser indagada para definir Leonardo em sua vida, emocionada e entre lágrimas, Karina desabafou palavras que vieram do coração. "Estou sem chão. Não tenho mais vida, sem um caminho. É um pedaço de mim que se foi. Durante 17 anos vivi em casa com um anjo que cuidei com muito amor e que me deixou. Por mais que eu faça, a dor é imensa. Um amor sem fim...", finalizou, aos prantos...

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias