Menu
sexta, 24 de setembro de 2021
Cidade

Agricultura reúne agricultores familiares no CETAF

16 Ago 2010 - 23h08Por Redação São Carlos Agora

No sábado (14) a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, promoveu uma reunião técnica com os agricultores familiares no Centro Tecnológico da Agricultura Familiar de São Carlos (CETAF).

De acordo com a secretária Regina Bortolotti, o objetivo da reunião foi esclarecer dúvidas dos agricultores cadastrados nos programas de fornecimento de produtos hortifruti. “Nós informamos aos agricultores cadastrados nos programas Compra Direta Local (PAA- Programa de Aquisição de Alimentos) e Aquisição de Gêneros para a Merenda Escolar (Resolução nº 38 do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) todos os procedimentos normativos a serem adotados para a aquisição dos produtos hortifruti. Aproveitamos a oportunidade para esclarecer aspectos técnicos relativos à regularização dos agricultores familiares aprovados nas chamadas públicas já efetuadas, como orientações sobre a documentação, inclusive, sobre a abertura de conta bancária. Também foram discutidos aspectos quanto a qualidade dos produtos a serem entregues e a regularidade das entregas”, destacou.

Durante a reunião, a secretária também informou aos participantes sobre uma iniciativa da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento. “Implantamos uma atividade que se chama ‘Tira Dúvidas’ e será realizada toda segunda-feira na plataforma da Central de Atendimento Popular da Secretaria da Agricultura. Além de promover um entrosamento maior entre os técnicos da Secretaria e os agricultores familiares, nesta atividade os agricultores receberão orientações técnicas para garantir a entrega dos produtos adequados e uma diversificação dos produtos demandados pelo cardápio da alimentação escolar”, explicou Regina Bortolotti.

Investimento – Atualmente, a Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento possui 200 agricultores familiares cadastrados. Só neste ano de 2010, a Prefeitura de São Carlos investirá cerca de R$ 1 milhão na aquisição de alimentos provenientes da agricultura familiar.

Segundo a secretária Regina, os agricultores que fornecerem alimentos para os dois programas poderão ter uma renda aproximada de R$13.500,00 por ano. “O programa Compra Direta Local permite adquirir até o limite de R$ 4.500,00 por agricultor familiar ao ano que deverão ser somados a mais R$ 9 mil por agricultor ao ano pela resolução nº 38 do FNDE. No total, este agricultor poderá ter uma renda de R$ 13.500,00 ao ano”, concluiu a secretária.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias