Menu
sexta, 14 de maio de 2021
Cidade

Ações e programas da rede pública de saúde e dos cursos da UFSCar foram discutidos em seminários

03 Jul 2012 - 10h36
0 - 0 -

Destinado aos profissionais da Rede Municipal de Saúde, docentes dos cursos da área da Saúde, tutores, preceptores e estudantes PET-Saúde, e da Residência Multiprofissional em Saúde da Família e Comunidade da UFSCar, a Prefeitura sediou na manhã de sábado (30), o encerramento de uma série de simpósios e seminários que tiveram início no dia 28 de junho no anfiteatro dos departamentos de Medicina e de Enfermagem da universidade.

As mesas de debates dos eventos discutiram a residencial multiprofissional em saúde da família e comunidade como política de fortalecimento da atenção primária, a importância da integração da universidade e serviços de saúde para a qualificação do cuidado, as ações de vigilância em saúde no âmbito da atenção primária: possibilidades e desafios da descentralização, a conferência que demonstrou a experiência dos núcleos de saúde coletiva em Campinas.

No seminário do sábado (30), realizado no Paço Municipal, foi discutido a Saúde da Família: Um Modelo para a Atenção Primária com Valorização Profissional, com Dr. Gustavo Gusso - Presidente da SBMFC, Dra. Ana Maria Franklin de Oliveira - coordenadora executiva da Área de Saúde da Família da Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP - com moderação do prof. Dr. Wagner dos Santos Figueiredo e a participação do secretário municipal de Saúde, Marcus Vinícius Bizzarro, entre outros diretores e coordenadores de saúde.

O evento reuniu também a exposição de pôsteres de programas de saúde com premiação e entrega de certificados para os melhores trabalhos.

Segundo os organizadores o objetivo geral dos eventos foi realizar um diagnóstico das condições de vida e de saúde da população nas Unidades de Saúde da Família no município de São Carlos; contribuir para o fortalecimento da Rede Escola de Cuidados à Saúde de São Carlos e do Sistema Único de Saúde, com a formação de estudantes de graduação e de pós-graduação a ela vinculada, identificar aspectos determinantes das condições de vida e o estado de saúde da população em questão na perspectiva dos usuários da Estratégia Saúde da Família; elaborar o perfil demográfico e epidemiológico da população adstrita às Unidades de Saúde da Família do município, buscando analisar relações com a atual organização do modelo de atenção à saúde no município.

A parceria ensino/serviço/comunidade favorece a reorganização do processo de trabalho em saúde na direção dos princípios e diretrizes constitucionais do SUS, espaços já existentes de educação no trabalho e reconhecendo a importância de qualificar todas as profissões de saúde onde Rede Escola de Cuidados à Saúde do Município de São Carlos acena para um avanço na formação de profissionais com perfil para atuar no SUS.

A aliança entre trabalho e formação, a construção de processos de educação permanente, a consolidação de redes de cooperação e, principalmente, o reconhecimento de que tanto os processos de formação como os de trabalho produzem conhecimentos técnicos e políticos são princípios que balizam um novo compromisso social das instituições formadoras e uma nova participação do SUS na formação de profissionais da saúde. O Saúde da Família é uma das principais estratégias para mudança do modelo de atenção à saúde, centrado na doença e organizado pela demanda e oferta de serviços, para um modelo pautado na Vigilância à Saúde da população. A integração da UFSCar com a Estratégia de Saúde da Família - ESF do Município de São Carlos e com os demais serviços de saúde, locais, vinculados ao Sistema Único de Saúde - SUS, potencializa a capacidade de mudança da formação de profissionais da saúde e do atual modelo de cuidado à saúde das pessoas e das comunidades.

Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde - PET - Saúde da Família e PET Vigilância em Saúde:
visa contribuir com a mudança de paradigma na formação de profissionais de saúde em busca da excelência acadêmica e compromisso social à luz das Diretrizes Curricular Nacionais para os cursos de Graduação da área da saúde e dos princípios do Sistema Único de Saúde. Está inserido na Rede Escola de Cuidados à Saúde do município, com ênfase nas ações de vigilância em saúde para tuberculose e hanseníase. Formado por dois tutores, docentes do Departamento de Enfermagem da UFSCar, quatro preceptores, profissionais do município e dezoito estudantes dos cursos de enfermagem, medicina e terapia ocupacional, com apoio financeiro, por meio de bolsas, do Ministério da Saúde. As ações desenvolvidas estão centralizadas nas regionais de saúde da Vila São José e da Cidade Aracy. Entre as inúmeras atividades já desenvolvidas encontra-se o conhecimento detalhado do território onde o projeto está inserido e das atividades desenvolvidas pelos profissionais de saúde dessas regionais, por meio da técnica de estimativa rápida. Faz parte também dessas ações a execução de um projeto de pesquisa que objetiva traçar o perfil da atenção à tuberculose e hanseníase no município de São Carlos.

PET-Saúde Saúde da Família: Diagnóstico das condições de vida e de saúde de famílias relacionadas às unidades de Saúde da Família (atuam em 14 USF) do município de São Carlos.  Alunos do Curso de Enfermagem, Fisioterapia, Medicina, Terapia Ocupacional e Educação Física, sendo 60 alunos bolsistas, 31 alunos não bolsistas, participam do projeto.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias