Menu
segunda, 18 de janeiro de 2021
E agora?

Abertura do Calçadão para trânsito de veículos causa polêmica nas redes sociais

Vereador lança questionamento e afirma que população não foi consultada; obras devem começar em menos de 15 dias.

04 Jun 2018 - 08h52Por Marcos Escrivani
Abertura do Calçadão para trânsito de veículos causa polêmica nas redes sociais - Crédito: Maycon Maximino Crédito: Maycon Maximino

O que parecia flores, poderá se transformar em espinhos. Semana passada, após reunião entre representantes da Prefeitura Municipal e diretores da Acisc (Associação Comercial e Industrial de São Carlos), ficou decidido que, em menos de 15 dias, iniciam-se as obras para a abertura de uma rua no Calçadão da General Osório para que veículos transitem em baixa velocidade, com intuito de melhorar o tráfego na região. Na reunião ocorrida quarta-feira, 30, na sede da associação ficou definida a revitalização do coração de São Carlos.

Entretanto, após divulgação do projeto, os vereadores Roselei Françoso (Rede) e Cidinha do Oncológico (Solidariedade) mostraram-se contra a iniciativa, salientando que os consumidores, os principais interessados, não teriam sido ouvidos. “Não sou contra a revitalização, mas acredito ser desnecessária a abertura de uma rua em apenas dois quarteirões. Isso traz insegurança aos clientes, uma vez que não haverá estacionamento e terá veículos transitando”, disse Roselei na manhã desta segunda-feira, 4, ao São Carlos Agora.

NAS REDES SOCIAIS

Roselei possui uma página no Facebook e na manhã de sábado, 2, realizou um post onde expressou sua opinião e em dois dias teve 300 curtidas e aproximadamente 300 compartilhamentos.

“Não sou favorável a abertura de uma rua no Calçadão. Acho que carros ali não muda em nada para os comerciantes. E pelo que sei, não foi feito uma consulta junto à população. Não acredito também que os motoristas que transitarem em dois quarteirões para ver promoções das lojas, não poderão parar. Resumindo: isso não muda nada. Traz apenas insegurança, pois irá misturar veículos e pedestres”, analisou.

REVITALIZAÇÃO

Por outro lado, o vereador do Rede disse que é amplamente favorável a revitalização do centro. “Tem sim que colocar novas luminárias, bancos mais confortáveis, floreiras. Mas os comerciantes teriam que deixar suas lojas mais atrativas, com promoções mais tentadoras. Seria um grande estímulo para os consumidores”, disse.

Paralelamente, Roselei afirmou que, após a revitalização sem mexer no Calçadão, a Prefeitura Municipal poderia bolar eventos culturais gratuitos no centro. “Isso sim atrai a população”, ponderou. “Repito: rua no Calçadão traz insegurança. Sou favorável a ampla revitalização e que o centro se torne em um grande boulevard. O que a Prefeitura quer fazer é dar um passo para traz. Em todos grandes centros, calçadões são criados para proporcionar mais segurança para os consumidores”, garantiu.

MP

Roselei afirmou ainda que pretende, caso necessário, cobrar o Ministério Público sobre a abertura do Calçadão. “Pelo que sei, aquela região faz parte do patrimônio público. Portanto é a história de São Carlos. Vou questionar se a abertura da rua é permitida”, disse.

Sobre as mudanças na praça em frente ao Mercado Municipal, o parlamentar são-carlense disse que irá se reunir com o secretário de Transporte e Trânsito e ver o projeto. “Se não concordar com algo também irei questionar o MP”, prometeu.

ENQUETE NO SCA

Na sexta-feira, 2, o São Carlos Agora lançou uma enquete com a pergunta “Você concorda com a abertura de uma rua no Calçadão da General Osório para a passagem de veículos?”.

Até a manhã desta segunda-feira, 201 leitores votaram (cada um com direito a um único voto). 71,14% dos votantes são contra a abertura da rua, enquanto que 28,86% são favoráveis.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias