Menu
sábado, 23 de janeiro de 2021
Cidade

60% dos homens só vão ao médico com doença em estágio avançado

Levantamento foi realizado pelo Centro de Referência da Saúde do Homem; maior parte dos pacientes não sabia da doença e ignorava os sintomas iniciais.

01 Nov 2013 - 14h54

Preconceito e vergonha. Esses são os principais motivos que mantêm os homens afastados dos consultórios médicos. Segundo o Centro de Referência da Saúde do Homem, 60% dos pacientes do sexo masculino só procuram tratamento quando a doença está em estágio avançado. De acordo com o órgão da Secretaria de Estado da Saúde, todos os meses 1,5 mil homens chegam ao hospital com problemas mais adiantados e que necessitam de intervenção cirúrgica.

A maior parte dos pacientes não sabia da doença e ignorava os sintomas iniciais. “Estes pacientes acreditam que o provedor da casa não pode ficar doente e nem deve sair da rotina de trabalho para visitar o especialista”, avalia o coordenador de urologia do Centro, Cláudio Murta. “É na consulta de rotina que o médico detecta doenças comuns e que demoram a apresentar sintomas, como aumento benigno da próstata, recorrente a partir dos 50 anos.” O diagnóstico precoce permite tratamentos menos agressivos, mais baratos, rápidos e com maior chance de cura.

Do Portal do Governo do Estado

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias