Menu
sábado, 15 de maio de 2021
Brasil

Motorista ganha nova opção para pedágio eletrônico

27 Nov 2012 - 13h43

Mais uma empresa passará a oferecer os serviços de cobrança eletrônica de pedágio a partir de fevereiro de 2013. A nova operadora, chamada ConectCar, é uma fusão entre a Odebrecht Transport Participações e a Ipiranga. Haverá a opção de compra de combustível nos postos da marca com os créditos e pagamento pelo próprio tag.

A medida foi anunciada nesta terça-feira, 27, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. "Estamos abrindo o setor de pedágio eletrônico. Temos livre mercado e livre concorrência. Quem ganha com isso é o usuário das nossas estradas", destacou o governador Geraldo Alckmin.

Alckmin também salientou que o pedágio eletrônico proporciona mais conforto e segurança aos motoristas. "E isso vai permitir que, a médio prazo, a gente caminhe para o pedágio ponto a ponto". A perspectiva do governo do Estado é universalizar o uso do tag, que hoje está presente em cerca de metade dos veículos que circulam em São Paulo. 

De acordo com a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), até 2011 o pagamento eletrônico era feito apenas por uma empresa, a Via Fácil, que opera o Sem Parar, com cobrança de R$ 69,56 de taxa de adesão, além de R$ 12,40 de mensalidade.

Após a abertura de mercado, foram implantados planos sem taxa de adesão e redução nas mensalidades. Além do Sem Parar e da ConectCar, a DBTrans é outra empresa credenciada para operar o serviço.

"É uma forma de atuar transparente e firme na busca por essa concorrência", disse o secretário de Logística e Transportes, Saulo de Castro Abreu Filho.

Dados da Artesp ainda chamam a atenção para a economia dos motoristas após a inciativa do Governo, que anualmente chega a R$ 146,36 (67%), conforme a empresa e o plano escolhido.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias