Menu
sexta, 22 de janeiro de 2021
Brasil

Maioria dos sindicatos dos bancários decide acabar com a greve

18 Out 2011 - 08h46

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf -CUT) informou na noite de ontem (17) que a maioria dos sindicatos dos bancários decidiu encerrar a greve e aceitou a proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e pelo Banco do Brasil e pela Caixa Econômica Federal. A categoria volta ao trabalho na manhã de hoje (18). A paralisação durou 21 dias.

As propostas, segundo a confederação, já foram aprovadas pelos bancários das seguintes cidades: São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Bahia, Mato Grosso, Campinas, Uberaba, Londrina, Criciúma, Blumenau, Teresópolis, Vitória da Conquista, Dourados e Campina Grande. Em outras localidades, as assembleias ainda continuam.

A Fenaban propôs aumento salarial de 9% e reajuste do piso da categoria, de R$ 1.250 para R$ 1.400. Os bancários vão receber ainda até 2,2 salários por ano como participação nos lucros das instituições onde trabalham.

De acordo com a Contraf, o ponto dos trabalhadores não será cortado. Os funcionários vão compensar os dias parados com extensão da jornada semanal em até duas horas extras por dia, até o dia 15 de dezembro.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias