Menu
domingo, 27 de setembro de 2020
Brasil

Inverno começa; veja a tendência para a região sudeste

21 Jun 2018 - 09h17Por Agência Brasil
Inverno começa; veja a tendência para a região sudeste -

Começou na manhã de hoje (21) – mais precisamente às 7h07 – o inverno no Hemisfério Sul, estação que terminará no dia 22 de setembro. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), historicamente o inverno é menos chuvoso nesse período nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e em grande parte da Região Norte.

São características do inverno as incursões de massas de ar frio vindas do sul do continente, o que causa queda acentuada da temperatura e formação de nevoeiros e névoas úmidas no Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Aumenta também a incidência de geadas nas regiões Sul e Sudeste, bem como no sul de Mato Grosso do Sul. Há também a possibilidade de neve nas áreas serranas e de planaltos da Região Sul.

Como será o inverno no sudeste

Tempo seco alternando-se com pancadas de chuva

O inverno será um período de transição entre o La Niña do outono e um período de aquecimento ao longo do segundo semestre. Isto não implicará, no entanto, em aumento da chuva em relação à estação anterior, porque o inverno é naturalmente seco.

De uma forma geral, simulações indicam chuva próxima da média com viés para cima nos quatro estados da Região. Detalhando-se a previsão, em julho, a precipitação ficará entre a média e abaixo da média na maior parte dos Estados. Somente no Espírito Santo, o viés será positivo com acumulado previsto de pelo menos 50mm.

Em agosto, as frentes frias voltarão a avançar pelo Sudeste trazendo chuva entre a média e acima da média para a maior parte dos municípios. Tanto que em números, estimam-se mais de 100mm no sul de São Paulo e pelo menos 50mm no Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais. Apesar da chuva acima da média, o mês não será chuvoso, com um grande número de dias com precipitação. Boa parte da precipitação acontecerá no decorrer do segundo decêndio do mês.

Em setembro, novamente espera-se chuva próxima da média com vieses positivos. Tratam-se de frentes frias que avançam pelo litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro levando chuva forte para áreas mais próximas da costa dos dois Estados, além de algumas áreas do sul de Minas Gerais.

Com informações do Tempo Agora

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias