Menu
quinta, 04 de março de 2021
Brasil

Detran.SP alerta para mensagens falsas na internet

22 Out 2012 - 15h18

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) alerta para um e-mail falso que circula na internet, sobre supostas infrações registradas no veículo do cidadão. A mensagem, na verdade um SPAM (lixo eletrônico), induz o condutor a clicar em links que, geralmente, contém vírus e podem infectar e danificar o computador, além de copiar dados pessoais, como endereço, número de documentos e senhas de acesso a sites.

A mensagem contém várias informações falsas, usadas para confundir o internauta, mas que permitem facilmente classificar o e-mail como SPAM. A primeira é o endereço de e-mail utilizado para o envio da mensagem (detran@detran-online.org), que não pertence ao Detran.SP. Além disso, o texto fala de um sistema que não existe, o suposto "Sistema Integrado de Estradas e Rodagens (SIER)".

Outro equívoco do e-mail é dizer que as supostas multas estão registradas no "gravame" do veículo. De fato, o termo "gravame" existe. Mas esse é o nome de uma informação que consta no cadastro de veículos adquiridos por meio de financiamento, e que ainda não foram quitados. Ou seja, "gravame" não tem nada a ver com o registro de multas.

É importante esclarecer que o Detran.SP não envia e-mails com cobranças de multas ou pedido de atualização de senha de cadastro. Toda correspondência do Departamento de Trânsito para o cidadão, bem como as notificações de infrações que são de responsabilidade do órgão, são encaminhadas, via Correios, para o endereço cadastrado pelo condutor no sistema do Detran.SP.

"Ao receber e-mails com esse teor, o cidadão não deve abrir os links e, principalmente, não deve fornecer dados pessoais", adverte Daniel Annenberg, coordenador do Detran.SP.

Pela internet, a consulta de pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), de dados de veículos ou de multas de responsabilidade do Detran.SP (somente aquelas aplicadas pela Polícia Militar) só pode ser feita por usuários cadastrados no portal www.detran.sp.gov.br, garantindo assim a segurança das informações pessoais do cidadão e dos veículos.

Atualmente, o Detran.SP oferece 19 serviços eletrônicos. Para fazer o registro no site, o cidadão deve clicar, na página inicial, em "Cadastro do Usuário", campo localizado na lateral direita. Após preencher a ficha de cadastro, o usuário deve criar login e senha de uso pessoal.

OUTRO E-MAIL FALSO - Além da mensagem inverídica sobre cobrança de multas, circula na internet outro e-mail com informações falsas sobre a CNH. O texto diz que quem não renovar a habilitação no prazo de 30 dias após o vencimento perderá o direito de dirigir, além de pagar multa - o que não é verdade.

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) não estipula prazo para a realização da renovação da carteira, procedimento que pode ser feito no momento em que o condutor desejar. Porém, quem for flagrado ao volante com o documento vencido há mais de 30 dias será multado em R$ 191,54 e receberá sete pontos no prontuário (infração gravíssima).

A mensagem também faz outros dois alertas falsos. O primeiro diz que o motorista será multado se não retirar o plástico que envolve o extintor de incêndio do veículo. O segundo cita uma suposta restrição aos condutores que obtiveram a primeira CNH (chamada Permissão para Dirigir): eles estariam impedidos de circular em rodovias durante o primeiro ano de habilitação. O CTB não faz essas restrições.

Para esclarecer dúvidas sobre os serviços, o cidadão deve entrar em contato com o Disque Detran.SP pelos telefones: 3322-3333 (Capital e municípios com DDD 11) ou 0300-101-333 (demais cidades do Estado). O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 7 às 20 horas, e aos sábados, das 6h30 às 15 horas.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias