Menu
domingo, 25 de agosto de 2019
Informe Publicitário

Como conquistar um PDV campeão de vendas?

20 Mai 2019 - 10h48
Como conquistar um PDV campeão de vendas? - Crédito: Igor Ovsyannykov por Pixabay Crédito: Igor Ovsyannykov por Pixabay

Um estudo do Point of Purchase Advertising Institute revelou que 85% dos brasileiros decidem sobre a compra na loja. Isso quer dizer que as estratégias de trade marketing são capazes de garantir o sucesso das vendas nos PDVs de todo o país. Comparativamente, nos EUA, um ícone do consumo mundial, o índice de decisão de compra na loja não ultrapassa 72%.

Para conquistar um PDV campeão de vendas é preciso contar com uma gestão eficiente e uma execução perfeita, a fim de garantir que as estratégias traçadas no escritório estejam sendo colocadas em prática nas lojas. Para tanto, contar com a ajuda de um app de trade marketing é essencial.

Por meio dessa ferramenta, a coleta de dados no PDV é muito mais efetiva, mas há uma série de outras vantagens. Algumas táticas podem ajudar a alavancar as vendas no PDV, como as descritas a seguir.

Atendimento

Treinar, capacitar e avaliar de forma constante a equipe de promotores é fundamental para garantir uma boa execução no PDV. Somente dessa forma a equipe poderá se tornar uma verdadeira representante da marca e uma facilitadora para os clientes, orientando-os sobre as melhores soluções.

Promoção

Não é novidade que o shopper costuma reagir muito bem a promoções e, por isso mesmo, elas são excelentes estratégias para alavancar as vendas no PDV. Diante desse cenário, a dica é apostar em kits, brindes e descontos progressivos.

Contudo, para não banalizar a marca, é recomendável criar uma estratégia focada em um calendário de trade que privilegie datas comemorativas.

Deve-se ter cuidado para não se deixar levar pelo sucesso pontual de uma determinada ação promocional e repeti-la continuamente. Isso pode levar ao desgaste da marca e até à redução dos lucros.

Preço

O shopper está mais atento ao preço, principalmente devido à instabilidade econômica vivida atualmente no país. Ele já considera trocar marcas para reduzir despesas e migrar da conveniência para a economia. Além disso, está mais exigente, procura manter um padrão de qualidade nos itens adquiridos e considera o canal online como opção de compra.

Logo, escolher o canal de venda certo significa mais oportunidades para girar o estoque e, nesse contexto, o produto precisa estar no lugar certo, no tempo certo, e pelo preço certo.

Visual do PDV

É preciso investir no visual da loja e, principalmente, na gôndola para chamar a atenção do shopper. Deve-se estar atento às vitrines, frentes de loja, fachadas, cores, iluminação, som e tudo o que for preciso para atrair o cliente. Para tanto, é preciso avaliar o tipo de canal e as várias possibilidades que eles podem oferecer para que a experiência do consumidor com a marca seja a melhor possível.

Ruptura zero

De nada adianta fazer promoções, cuidar do visual da loja, dar treinamentos e investir em preços competitivos se o produto não está na gôndola. Ruptura de estoque gera perda de venda e aumenta as chances do shopper trocar de marca ou sair do PDV para procurar o produto em outra loja. No final, quem ganha é a concorrência.

App de trade marketing fortalece estratégia

Com a ajuda de um app de trade marketing, é possível manter uma comunicação em tempo real com os promotores no ponto de venda, reforçar o treinamento dado anteriormente, além de coletar dados no PDV e monitorar os preços da concorrência.

Além disso, a ferramenta permite o envio de fotos das ações, trabalho realizado nas lojas e acompanhamento dos estoques. Assim, a gestão de trade estará munida de subsídios para aferir em tempo real a execução das ações, o que pode auxiliar na correção de erros com agilidade, aumentando as chances de sucesso.

 

 

 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias