Menu
sexta, 24 de setembro de 2021
Brasil

Beneficiários do Bolsa Família devem fazer recadastramento no programa

16 Fev 2011 - 09h42

Mais de 1,3 milhão de famílias que recebem o benefício do Programa Bolsa Família devem procurar a prefeitura de sua cidade para atualizar os dados cadastrais e, assim, continuar recebendo o benefício. Conforme o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), o prazo é até 31 de outubro.

As famílias deverão prestar informações e atualizar dados sobre endereço; renda, localização da escola dos filhos para acompanhamento da frequência escolar, além da composição familiar. O recadastramento é obrigatório. Quem ficar sem atualizar os dados, terá o benefício bloqueado a partir de novembro.

O Bolsa Família atende atualmente 12,8 milhões de família e transfere, todo mês, cerca de R$ 1,2 bilhão para a população com renda per capita mensal de até R$ 140. As famílias que devem se recadastrar estão há dois anos sem fazer atualização.

O recadastramento periódico é determinado pelo Decreto nº 6.135/2007, e funciona como instrumento de controle e monitoramento do principal programa social do governo federal. As famílias também serão avisadas pelo extrato do pagamento do benefício.

Quase a metade das famílias que deverão se recadastrar mora na Região Nordeste. O estado de São Paulo (o mais populoso do país) é o que tem mais famílias a serem recadastradas – mais de 150 mil –, seguido da Bahia (137 mil) e de Minas Gerais (118 mil).

Conforme o ministério, as listas das famílias que estão no processo de revisão de 2011 já estão disponíveis para prefeitos e gestores municipais acessarem no Sistema Integrado do Programa Bolsa Família.

Edição: Talita Cavalcante

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias