Menu
terça, 11 de dezembro de 2018
Região

Prefeita Lú Spilla explica as finanças da prefeitura de Ibaté

17 Mai 2014 - 10h17Por Da assessoria de imprensa
0 - 0 -

A Prefeita Lu Spilla solicitou nos últimos meses aos Departamentos de Contabilidade e Jurídico, que estudassem o maior aumento possível para ser repassado aos servidores municipais.

Após esse levantamento, foi informada que só poderia dar no máximo 6,19%, que é o IPCA amplo, para ficar no limite prudencial de gatos com pessoal determinado pelos artigos, 20, 21, 22 e 23 da Lei de Responsabilidade Fiscal,  e atendendo os incisos X e XII do artigo 37 da Constituição Federal.  

 Nesse sentido a Prefeita falou aos Sindicalistas em reunião, que não é tudo que ela gostaria de fazer que é permitido por Lei, sendo assim, o Município fica impedido de dar um aumento maior para os servidores municipais, com base no calculo de impacto orçamentário real, das receitas do primeiro quadrimestre desse ano, o que foi esclarecido de forma transparente aos sindicalistas, pois os mesmos tiveram conhecimento através da exposição de relatórios e balancetes da veracidade da situação. 

Falando em reajuste, não é só Ibaté que está dando apenas a revisão geral de salário com base nos índices inflacionários (para repor o poder de compra do trabalhador), todos os municípios da região estão passando pelo mesmo problema, aonde as receitas  vem caindo mês a mês, isso pode ser visto pela imprensa nacional e mesmo local pois várias cidades vizinhas deram aumento inferior ao nosso, minha assessoria disse que a cidade de Dourado concedeu 5% de aumento para os servidores, Ribeirão Bonito 5,38%, Trabiju 5,39%, Porto Ferreira 5,82%, então não se trata de má vontade da administração em conceder um reajuste maior e sim respeitar o limite prudencial estabelecido por Lei que é de 51,3% do orçamento anual do município.  

Sei da realidade do funcionalismo que ficou de 1992 a 2004, sem reajustes de salário, mas por outro lado a Administração do PSDB nesses quase 10 anos, foi a que mais valorizou o funcionalismo, quase nenhuma cidade tem 14º salário mais abono aniversário, por isso peço aos Sindicalistas que façam um estudo dos últimos 10 anos na região, para ver qual cidade concedeu mais benefícios ao funcionalismo,  tem cidades que os funcionários tem desconto no holerite de percentual da cesta ou do ticket refeição, nossa cesta é uma das melhores do Estado de São Paulo, nossa receita vem caindo a cada mês, mas caso consigamos equilibrar  no final do ano vamos dar um abono para os servidores passarem um fim de ano ainda melhor .

“É uma situação que nos deixa amarrados, não é uma questão de querer, pois querer eu quero, más não posso. Tenho um compromisso sim com o funcionalismo, más tenho compromisso com a cidade como um todo”, afirma a prefeita Lú Spilla.

Uma das ações que iremos fazer é incentivar o PIDA (Programa de pagamento de divida ativa ) com isso iremos aumentar a receita para que no final do ano possamos cumprir o compromisso com os servidores de dar um abono.

A Prefeita reconhece a importância dos funcionários municipais. 

“Sei da importância que eles têm para a nossa cidade, pois sem eles não conseguiríamos fazer o município andar”, destacou. 

Lu agradece também a postura dos Sindicalistas pelas reuniões onde eles sempre democraticamente defenderam os interesses dos servidores municipais.  

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias