Menu
segunda, 21 de maio de 2018
Região

Polícia investiga furto em loja e suspeita de grupo especializado em Araraquara

25 Jun 2014 - 08h29Por Araraquara.com
Foto: Araraquara.com - Foto: Araraquara.com -

Uma loja de joias teve anéis, brincos e colares furtados por duas mulheres no shopping Jaraguá, em Araraquara. As imagens das câmeras de segurança que flagraram a ação foram divulgadas ontem e a suspeita é de que o crime tenha sido realizado por uma quadrilha especializada em furtos a joalherias.

O crime ocorreu na última sexta-feira (20) e o valor levado em mercadorias não foi divulgado. De acordo com uma das funcionárias da loja, um grupo de seis pessoas entrou no local e distraiu os funcionários.

“Um casal ficou pedindo informações e enquanto isso, duas mulheres abriram uma das gavetas e pegaram as joias”, comentou ela, que preferiu não ter o nome revelado.

A gravação do circuito interno da loja mostra o momento em que duas mulheres passam por trás do balcão e verificam se as gavetas estão trancadas. Ao perceberem que uma delas não foi fechada à chave, uma das jovens abre a bolsa enquanto a outra puxa a gaveta e recolhe as joias.

Ainda segundo a funcionária, os ladrões estavam bem vestidos e a maioria deles falava em espanhol. “Estavam todos arrumados, realmente não havia como suspeitar, no entanto, esse é o alerta de que não podemos confiar em ninguém”, complementou.

A assessoria de imprensa do shopping informou que o furto foi percebido apenas no dia seguinte [sábado] e a equipe de segurança do local auxiliou na coleta das imagens das câmeras da loja e prestou o apoio à proprietária do estabelecimento.

Polícia Civil investiga o caso e acredita em quadrilha por tipo de crime ser incomum

A Polícia Civil de Araraquara, por meio da DIG (Delegacia de Investigações Gerais), investiga o crime com a ajuda das imagens.

Para o delegado Elton Hugo Negrini, o crime pode ter sido cometido por um grupo de ladrões especializados neste tipo de ação. “Esses crimes, executados desta forma, não acontecem com frequência aqui na cidade. Estamos investigando e pedimos que, quem reconhecer o grupo, procure a DIG para ajudar na coleta de informações”, disse ele.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias