Menu
sábado, 21 de abril de 2018
Polícia

Vereadores são presos em Ribeirão Bonito

10 Jan 2007 - 11h30Por Redação São Carlos Agora
 
Vereador Ronaldo Carlos Gonçalves da Rocha (PT)Jairo Moretti
(PL)Anderson Garcia Molina (PPS)Daniel da Silva Moraes (PPS)
 Quatro dos nove representantes do poder legislativo de Ribeirão Bonito foram presos em flagrante ontem pela Policia Civil e pela Corregedoria da policia civil. São eles: Anderson Garcia Molina, Daniel da Silva Moraes, Ronaldo Gonçalves da Rocha e Jairo Moretti.O Promotor Publico da cidade, Dr. Marcel Zanin Bombardi informou que autorizou as filmagens das duas reuniões realizadas no gabinete do prefeito, convocando dois delegados para que acompanhassem o caso.

De acordo com o prefeito Rubens Gayoso Junior, ele vinha sendo pressionado pelos quatro vereadores em troca de apoio político. Foi aí que o Prefeito e o Vice prefeito Paulo Veiga “armaram” a reunião com os quatro vereadores para que pudesse provar para a justiça o pedido de propina por parte dos representes do Legislativo.

Na primeira reunião compareceram os quatro vereadores: Anderson Molina(O Tom Garcia), Daniel da Silva Moraes, Jairo Moretti e Ronaldo Carlos Gonçalves da Rocha, este último recém eleito Presidente da Câmara de Vereadores.

O pedido foi de mil reais por mês para apoiar o Prefeito Rubinho. Tudo devidamente registrado em áudio e vídeo.

Acertado os valores nessa 1ª reunião, o prefeito e o vice marcaram uma segunda reunião para ontem (dia 9) as cinco da tarde para o pagamento dos primeiros mil reais.

Com uma câmara escondida em um porta retrato do gabinete do prefeito, as imagens mostraram claramente o momento em cada um dos três representantes do legislativo recebiam a quantia proposta. Como o vereador Daniel da Silva Moraes não participou da segunda reunião, o seu colega Anderson Molina foi quem ficou encarregado de levar a parte que cabia a ele.

Ao saírem do gabinete os três vereadores receberam voz de prisão do Delegado Seccional de Policia de São Carlos e do Delegado Corregedor da Policia civil.

Os quatro vereadores responderão a crime de corrupção passiva e a pena poderá chegar a oito anos de detenção.

Ribeirão Bonito tem sido palco de lutas sucessivas pela moralidade e pela probidade. Esses fatos são parte de um processo que visa promover o aumento da probidade na cidade. Os poderes públicos, principalmente o Legislativo e o Executivo são fiscalizados com bastante intensidade pela população, sendo que muitos cidadãos procuram a AMARRIBO para manifestar preocupação com diversos fatos observados no dia a dia de suas vidas. A AMARRIBO tem dado sequência a essas denúncias e procurado esclarecê-las, e quando não é possível, encaminha as mesmas ao Ministério Público para que se abra o respectivo inquérito civil público.Fonte: Amarribo
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias