Menu
domingo, 18 de novembro de 2018
Polícia

Trio que tentou matar gerente de supermercado também assaltou posto de combustíveis

03 Jul 2014 - 16h26
0 - 0 -

O delegado Walkmar da Silva Negré do 2º DP encaminhou ao 3º Distrito Policial informações sobre as conclusões dos trabalhos investigativos de sua equipe sobre um perigoso trio de assaltantes que no final do mês de junho tentou assassinar o gerente de um supermercado no Jardim Zavaglia, zona sul de São Carlos. Os desempregados J.L. M.T., 19, o “Jon”, Thiago H.L.M., 22 e Diego M.A., 24, agora também são apontados como autores de um assalto em um posto de combustíveis na região do SESC.
O trio segue recolhido no Anexo de Detenção Provisória (ADP) de Araraquara e continua sendo investigado pelo 2º Distrito Policial. Os investigadores não descartam que os três amigos assaltantes teriam realizado uma sequência de roubos e por pouco não consumaram um “latrocínio” (matar para roubar) contra o gerente do supermercado que recebeu um tiro no pescoço e felizmente sobreviveu ao atentado.

TENTATIVA DE LATROCÍNIO

Segundo a reportagem apurou, na noite do dia 27 de junho, utilizando um Kadet, conduzido por Diego, os amigos “Jon” e Thiago, teriam se dirigido para a região do supermercado no jardim Zavaglia, onde “Jon”, portando uma garrucha com o cano cerrado realizou um disparo que atingiu o vidro de uma caminhonete Saveiro de propriedade do mercado e ao sair para averiguar o que ocorria o gerente de 26 anos foi abordado e assim que percebeu que seria um assalto ele correu e nervoso com a atitude “Jon” atirou tentando matá-lo atingindo-o no pescoço. Ao abortar o crime os três marginais fugiram, porém acabaram presos pela madrugada do dia seguinte pela Polícia Militar.

INVESTIGAÇÕES

Assim que assumiram os trabalhos os investigadores do 2º Distrito Policial passaram a averiguar a o trio foi filmado no momento em que tentavam matar o gerente do supermercado. Após apanhar as imagens os policiais civis acabaram descobrindo que o trio poderia estar realizando uma sequência de ataques para sustentar o uso e tráfico de drogas nas regiões dos bairros Cidade Aracy e Antenor Garcia. No decorrer dos trabalhos os policiais acabaram descobrindo que o trio também esteve em um posto de combustíveis onde realizou outro assalto.

LOJA DE CONVENIÊNCIA

Nesta semana realizando um mapeamento dos assaltos na cidade de São Carlos os investigadores descobriram que na noite do dia 15 de Junho, dois assaltantes teriam invadido o pátio de um posto de combustíveis instalado na avenida Comendador Alfredo Maffei, no Jardim Gilbertoni, na região do SESC, onde um deles dominou os frentistas que estariam no pátio enquanto um segundo, portando uma garrucha, com cano cerrado invadiu a loja de conveniência e rendeu uma funcionária obrigando que ela entregasse todo dinheiro que havia no caixa. Ao entregar ao ladrão cerca de R$ 600,00 em dinheiro o marginal de forma ríspida disse “vai, eu não estou brincando eu quero todo dinheiro”. Ao ser informado que não havia mais nada naquela loja o ladrão com a arma em punho quebrou uma tela de computador a pancadas para apavorar a funcionária da loja de conveniência que ficou aterrorizada e afirmava que não teria mais nada. Percebendo que ela estaria falando a verdade o bandido abandonou a loja e na companhia do segundo marginal desapareceu tomando rumo ignorado. Os funcionários do posto disseram à polícia que algum veículo poderia ter apanhado os marginais e dado fuga a eles.

CONHECIDOS

Realizando uma pesquisa no sistema de monitoramento do posto os investigadores atentos a tudo e a todos descobriram que um dos funcionários do posto não teria se assustado com a ação criminosa do trio e passou também a ser investigado até que após vários levantamentos os policiais civis descobriram que ele conhecia o desempregado Diego, bem como conhecia de vista Jonatan e Thiago. Percebendo que os policiais civis já teriam percebido algo que envolvia ele ao trio, o funcionário do posto já foi dizendo que não teria dado a “fita” (dica do roubo) aos amigos, porém acabou confessando que sabia que os marginais teriam programado o assalto para o posto em que trabalha e não teria feito nada para evitar ou comunicar a policia. Desta forma ele foi detido e encaminhado ao 2º DP onde deu suas versões sobre o assalto.

ARMA DOS CRIMES

Uma testemunha foi ouvida pelos investigadores e ao observar as fotos apresentadas pelos policiais civis reconheceu “Jon”,http://media.saocarlosagora.com.br/_versions_/uploads/imagens2/20140628/funcionario-de-supermercado-e-baleado-em-tentativa-de-assalto-27_b620.JPG como sendo o assaltante que invadiu a loja de conveniência e portava a arma que teria usado na tentativa de latrocínio do supermercado. Diante das apurações de seus investigadores o delegado Walkmar da Silva Negré encaminhou as apurações para o 3º Distrito Policial que deverá concluir os trabalhos e deverá indiciar o trio por mais um roubo contra estabelecimento comercial de São Carlos.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias