Menu
segunda, 20 de agosto de 2018
Polícia

Polícia Militar invade casa e liberta refém no Centreville

08 Dez 2007 - 18h45Por Redação São Carlos Agora
No final da manhã desta sexta-feira os soldados Machado e Aparecido do Rádio Patrulhamento Padrão (RPP), da Polícia Militar com apoio de demais viaturas, conseguiram libertar um refém que era mantido com uma faca no pescoço, por um homem desequilibrado, o qual percebendo que seria encaminhado pela família á uma clínica psiquiátrica, pulou de um veículo, invadiu uma casa Centreville, região do Fórum Cível de São Carlos e só abortou um cárcere privado após muita conversa dos policiais que conseguiram retirar da situação vítima e o próprio o homem que à tarde foi levado ao Centro de Triagem (CT), onde aguarda providencias da Justiça.REFÉM - Segundo apurado, por volta das 11h30, o COPOM – 190, foi alertado que um homem estaria gritando por socorro no interior de uma residência localizada na Rua Savie, 45, onde vizinhos ao observarem o que ocorria, perceberam que o escriturário M.J.F.A., 47, era mantido como refém no interior da casa.Rapidamente diversas viaturas se dirigiram para o local inicialmente imaginando tratar-se de um roubo com retenção de vítima e ao chegarem à moradia, os soldados Machado e Aparecido, invadiram uma porta lateral do imóvel e perceberam que o escriturário com uma faca no pescoço, era levado por um homem moreno para o interior de um banheiro que teve sua porta trancada e dificultava a ação dos policiais.IRMÃO - Fora da casa, outros policiais localizaram outro homem, com um veículo, o qual informava que a pessoa que fazia o morador da casa como refém era o operário Antônio Edson Jesus dos Santos, 25, que residiria sozinho em um apartamento no bairro Romeu Tortorelli em Santa Felícia, o qual estaria passando por problemas mentais e teria saltado de seu carro, enquanto seu irmão tentava sua internação em uma clínica psiquiátrica através da Justiça, momento em que percebendo a intensa movimentação de policiais e viaturas nas proximidades do Fórum Cível, o irmão de Antônio, João Batista de Jesus Santos, 23, deixou o prédio da Procuradoria do Estado e sabendo que o possível invasor da casa que mantinha um refém com uma faca no pescoço era seu irmão comunicou a polícia, dizendo ser morador em Descalvado e que pela manhã teria levado o familiar com um amigo á vários locais para tratamento em nossa cidade e com documentos para interná-lo teria se dirigido á Procuradoria do Estado para agilizar sua internação.COMPLICAÇÃO - Com esta informação os policiais passaram a lidar com a ocorrência que ficou ainda mais complicada, devido Antônio negar qualquer pedido dos policiais.Foram aproximadamente 30 minutos de intensa conversa e somente após conseguir ganhar sua confiança foi que os PMs Machado e Aparecido conseguiram o convencê-lo a liberar o refém e entregar-se.Após a saída do refém, o banheiro foi invadido pelos PMs que o desarmaram.Nos levantamentos a PM apurou que Antônio, teria invadido a casa e ao chegar na cozinha, teria apanhado uma faca da própria casa e feito o escriturário de refém, o qual disse que não sabia o que estaria acontecendo.FLAGRANTE - Após todos os levantamentos, Antônio, foi encaminhado para o 4º Distrito Policial e apresentado com vítima e testemunhas ao delegado Geraldo Souza Filho, cuja autoridade após avaliar a situação autuou o operário Antônio Edson Jesus dos Santos, 25, em flagrante por cárcere privado e posteriormente o encaminhou ao Centro de Triagem (CT), onde aguardará as providencias da Justiça.O delegado explicou que havia realizado o flagrante devido o perigo que o operário estaria oferecendo á sociedade. Ele disse que a Justiça deverá analisar o mais rápido possível seu caso e encaminhá-lo á internação em um hospital psiquiátrico adequado.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias