Menu
domingo, 16 de dezembro de 2018
Polícia

Polícia Federal localiza perigoso marginal em São Carlos

24 Out 2008 - 12h21Por Redação São Carlos Agora
por Pedro Maciel

No final da manhã desta quinta-feira o policiais do Departamento da Polícia Federal de Araraquara (DPF), estiveram em São Carlos realizando uma diligência determinada pela Justiça Federal contra um perigoso marginal que estaria residindo no bairro Cidade Aracy com outro nome e seria um dos principais articuladores de uma quadrilha que despeja notas falsas de R$ 50,00 no interior de São Paulo, o qual ainda não se sabe como conseguiu deixar pela porta da frente uma das Penitenciárias de Itirapina e estaria programando outros crimes em São Carlos.

Segundo a reportagem apurou, na manhã de ontem por volta das 10h40, com viaturas descaracterizadas, os políciais do Departamento da Polícia Federal (DPF) de Araraquara, chegaram ao bairro Cidade Aracy, onde após comunicar o comando da Polícia Militar, solicitaram um apoio de policiais da região do bairro Cidade Aracy, para localizar o Ford Ka, verde placas COP 5114 – São Paulo, que estaria em nome de uma pessoa, cujo motorista que estaria em poder do carro, seria um perigoso marginal que a Polícia Federal tinha interesse, não informando detalhes do que se tratava.

Diante dos fatos dois policiais do Rádio Patrulhamento Padrão (RPP), foram incumbidos em auxiliar os federais, quando por volta das 11h, vieram eles a localizar nas proximidades de um posto de combustível o Ford Ka, que era procurado pelos policiais federais, que cercaram com suas viaturas o veículo e impediram a fuga do marginal que deixou o veículo indagando o que estaria ocorrendo.

O suspeito foi algemado e dizia se chamar Adriano Soares, porém, ele não sabia que os federais já o conheciam e estavam à sua procura. Algemado, os policiais federais o indagaram sobre a pessoa de Antônio Marcos Ribeiro, 24, ele nada mais queria falar, dizendo que só falaria com os policiais federais na presença de seu advogado.

Revistado, Antônio Marcos, portava além do documento que o identificava como Antônio Marcos Ribeiro, 24, como sendo morador em Pirassununga, sua real identificação, ele também carregava documentos em nome de Adriano Soares, e dizia que estaria residindo no bairro Cidade Aracy I, bem como o Ford Ka, que dirigia estaria em nome de uma terceira pessoa que seria moradora no bairro Itaqueri, São Paulo.

Entre os pertences que portava no veículo, o qual foi completamente revistado, os federais localizaram uma nota de R$ 50,00 falsa, a qual foi apreendida. Indagado sobre como teria conseguido fugir do interior de uma das Penitenciárias de Itirapina pela porta da frente, ele nada quis falar. Sobre seu envolvimento com diversos furtos, crimes de estelionatos,e derrame de notas falsas, crime em que já estava sendo investigado, Antônio Marcos, também disse que só falaria na Justiça Federal com seu advogado.

Averiguando todos seus documentos os policiais federais apuraram que ele não portava a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), bem como o documento do For Ka, era de 2006.

Diante dos fatos, Antônio Marcos, tomou conhecimento do seu mandado de prisão pela Justiça Federal, bem como os federais informaram que ele estaria com mandado de prisão Estadual também decretado e desta forma seu veículo que a Polícia Militar não sabe ainda se seria furtado ou não, foi encaminhado ao pátio municipal e ele encaminhado pelos policiais ao Departamento da Polícia Federal (DPF), onde foi autuado em flagrante pela prática de uso de documento falso e, derrame de nota de R$ 50,00 falsa e à tarde após ser ouvido foi encaminhado ao Centro de Triagem (CT) de Rincão, onde aguarda transferência para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Itirapina, onde ficará a disposição da Justiça Federal e também Justiça Estadual que deverá interrogá-lo sobre a fuga da Penitenciária de Itirapina e outros crimes.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias