Sex, 24 de Novembro de 2017
Tamanho da Letra: mais menos
14/11/2017 - 16h03   |   Atualizado em 14/11/2017 - 21h56
Redação São Carlos Agora

Após audiência de custódia, juiz mantém presa a "princesinha do crime"

O juiz da 3ª Vara Criminal de São Carlos, André Luiz de Macedo, manteve a prisão de M.A.M.S., a "Mazão", que ficou conhecida como "princesinha do crime". Ela foi ouvida nesta tarde durante a audiência de custódia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Saiba mais

Polícia prende jovem de classe média alta acusada de cometer furtos e roubos em São Carlos

Agora a acusada será transferida do Centro de Triagem de Ribeirão Bonito para o Centro de Detenção Provisório (CDP), em Pirajuí, na região de Bauru.

Segundo o delegado Mauricio Dotta e Silva, do 1º Distrito Policial, a bacharel em Educação Física foi reconhecida por cinco vítimas de crimes de furto em residências praticados na cidade.

"Mazão" diz morar em Maresias, no litoral, mas estava em São Carlos onde passou o feriado e se hospedou na casa dos pais em um condomínio de alto padrão na região do shopping Iguatemi. Ela foi presa nesta segunda-feira (13) acusada de participar de uma tentativa de furto a uma casa na rua Campos Salles, porém a ação foi frustrada pelos proprietários do imóvel que informaram à Polícia Civil as características e as placas do carro Zafira que a jovem teria alugado.

Durante a audiência M.A.M.S. teria negado o crime. A reportagem conversou com o proprietário de uma empresa de aluguel de automóveis, o qual relatou que há cerca de cinco dias, ela teria alugado a Zafira, preta, em sua locadora, e pago em dinheiro, cerca de R$ 1.800,00

O delegado, Maurício Dotta, disse que aguarda um relatório de seus policiais sobre outras vítimas e a autoridade policial pede para que outras pessoas procurem a Polícia Civil através do 1º Distrito Policial, que segue com as investigações e tenta identificar todos integrantes da quadrilha da "princesinha do crime"

 

comments powered by Disqus