Seg, 24 de Julho de 2017
Tamanho da Letra: mais menos
14/01/2016 - 08h52   |   Atualizado em 14/01/2016 - 16h24
Marcos Escrivani

Morre cabo César que teve corpo queimado em churrasco

O policial militar Heverton Cezar dos Santos, 39 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira, 14, no Hospital das Clínicas,em Ribeirão Preto, vítima de queimaduras de terceiro grau. Ele estava internado desde domingo, 10, quando foi transferido da Unimed São Carlos.

Heverton se acidentou após explosão de uma churrasqueira, durante uma confraternização realizada na tarde de sábado em uma residência na rua Floriano Peixoto, no Jardim Paulista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

G.C., 23 anos, proprietário da casa manuseava um frasco de álcool gel e quando pegou um galão com outro tipo de álcool para acender a churrasqueira, ocorreu a explosão. Heverton que estava próximo teve 80% do corpo atingido e em algumas regiões, queimaduras de terceiro grau. G.C. e A.C.C.N., 38 anos, sofreram lesões de menor gravidade. 

César era casado e deixa duas filhas. Seu corpo será trasladado a São Carlos ainda na manhã desta quinta-feira.

Em uma mensagem emocionada uma das filhas do PM usou o Facebook para se despedir do pai: "Meu Deus nunca perdi a FÉ! Pai eu te amo daqui até a eternidade. Eu te amo meu herói!! Onde estiver, olha por mim o meu amor, não vai ter fim. Tudo que passou do meu lado estará para sempre guardado!"

A equipe do São Carlos Agora que tantas ocorrências acompanhou do cabo César se solidariza com a família nesse momento de profunda dor.

comments powered by Disqus