Menu
sexta, 22 de junho de 2018
Polícia

Mulher passa sete horas de terror na mão do marido

22 Jul 2008 - 08h49Por Redação São Carlos Agora
Uma mulher e seus três filhos passaram por momentos de terror entre a noite de domingo e a madrugada desta segunda-feira. Ela foi espancada, teve a roupa arrancada no meio da rua e ainda foi obrigada a fazer sexo com o marido, com quem está separada há um mês. A filha de apenas 11 anos também foi agredida.
Segundo o boletim de ocorrência, a doméstica M.E.V.D., 29, solicitou a presença de uma viatura da PM na rua 84, 293, Cidade Aracy II, onde contou aos policiais militares uma história de desespero. Segundo ela, por volta das 23h de domingo (20) estava em sua residência em companhia dos três filhos, quando o marido, com quem está separada há cerca de um mês entrou na casa e passou a agredi-la. Ele desferiu socos, pontapés e ainda tentou enforcar a mulher. Como se não bastasse, ainda fez sexo forçado com a mesma. Após relutar bastante, a doméstica conseguiu se livrar das garras do agressor e correu para o meio da rua, onde foi perseguida e teve a roupa rasgada, ficando totalmente nua. Ela também contou aos PMs, que o marido ainda tentou enforcar a sua filha de 11 anos. Enquanto isso, seus outros dois filhos menores, tentaram ajuda-la, gritando e chorando para que pai cessasse as agressões. Segundo a mulher, as torturas só se encerraram por volta das 06h desta segunda-feira (21), quando o marido deixou a residência. Ele foi identificado como sendo o motorista A.M.D. de 36 anos. A Polícia Militar efetuou buscas tentando localizá-lo, porém sem sucesso. A doméstica foi encaminhada até a DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), que será responsável pelas investigações deste caso.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias