Menu
sábado, 23 de junho de 2018
Polícia

Mulher é presa por porte ilegal de arma e sobrinho detido por roubo

18 Out 2008 - 18h34Por Redação São Carlos Agora
Policiais Militares da Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam) conseguiram elucidar um roubo ocorrido contra uma casa de jogos ilegais, na noite desta sexta-feira (17). Uma mulher de 49 anos foi presa por porte ilegal de armas e o seu sobrinho detido pela prática do assalto. A vítima que não prestou queixa do roubo, reconheceu o rapaz enquanto ele fazia compras em um sacolão. Duas armas e parte do dinheiro roubado foram recuperadas pela Polícia.   A equipe de reportagem do SCA apurou no Plantão Policial, que por volta das 9h30 desta sexta-feira (17) o pedreiro M.A.S., 24, invadiu um casa de jogos clandestinos na rua José de Alencar, 407, Vila Costa do Sol e armado com um revólver calibre 38 anunciou o assalto. Ele rendeu um segurança do local e roubou o seu revólver calibre 32. Em seguida, o rapaz rendeu uma mulher responsável pelo estabelecimento e roubou aproximadamente R$ 400,00. O assaltante fugiu tomando rumo ignorado. Devido a existência de máquinas caça-níquel no local, as vítimas não registraram o boletim de ocorrência. Na tarde de hoje (18), a mulher que foi rendida no assalto, foi até um sacolão localizado na rua Antônio Blanco e acabou reconhecendo o assaltante, que estava fazendo compras pelo local. Ela acionou a Polícia Militar, que acabou abordando o pedreiro. Questionado sobre o roubo, ele acabou confessando o crime e disse que a arma e o dinheiro estariam na casa de sua tia, a doméstica Cícera dos Santos Ferreira, 49.

Equipes da Rocam foram até a rua Dom Pedro II, 2400, e não encontraram a acusada, porém no interior da residência foi localizado um revólver calibre 38 e 6 munições intactas, além de R$ 238 provenientes do roubo.

 Os PMs foram informados por vizinhos, que Cícera havia acabado de sair em direção ao Cemitério Nossa Senhora do Carmo. Durante diligências nas proximidades, ela acabou sendo detida e na sacola em que carregava, foi localizado um revólver calibre 32. Ela disse que estaria levando a arma para o sobrinho. Cícera, o sobrinho e todo material foram encaminhados ao Plantão Policial. Ela foi autuada em flagrante por porte ilegal de armas e encaminhada ao presídio feminino de Ribeirão Bonito. O rapaz foi ouvido e liberado em seguida, pois o delegado entendeu que o mesmo não foi autuado em flagrante. À nossa equipe, ele disse que praticou o crime por puro desespero. “Meu aluguel está atrasado há três meses e não arrumo serviço e por isso resolvi cometer essa loucura.”

As máquinas caça-níquel que estavam no interior do estabelecimento também foram apreendidas pela Polícia.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias