Menu
quarta, 20 de junho de 2018
Polícia

Monstro de Rio Claro agora está condenado a 100 anos de prisão pela morte de crianças

16 Out 2008 - 19h07Por Redação São Carlos Agora
Por Pedro MacielO engraxador de portas Laerte Patrocínio Orpinelli, 56, foi condenado na tarde desta quinta-feira pela morte de crianças na cidade de Rio Claro. Ele já está a caminho da Penitenciária II de Serra Azul na região de Ribeirão Preto, onde desde março de 2002 encontra-se preso, cumprindo pena de 62 anos, pela morte de outras crianças no interior do Estado.

O Fórum Criminal de Rio Claro informou a pouco que Orpinelli, foi condenado a cumprir uma pena de 38 anos de prisão pela morte de duas crianças daquele município.

De acordo com a sentença o “Monstro de Rio Claro”, deverá cumprir 15 anos de prisão pela morte da menina Marina Pereira Barbosa, de 10 anos, bem como outros 15 pela execução do menino José Fernando de Oliveira, de 9 anos e ainda a Justiça Criminal condenou o engraxador de portas a outra pena de 8 anos, pelo atentado violento ao pudor contra as crianças. O veredito foi dado por volta das 17 horas. Orpinelli, ainda está em Rio Claro, mas deverá ainda hoje seguir para Serra Azul, onde aguarda a finalização de outros inquéritos policiais sobre mortes de crianças na região.

Para que o julgamento fosse realizado a Polícia Militar reforçou a segurança nas proximidades do Fórum de Rio Claro desde as 7h. O “Monstro de Rio Claro chegou em um furgão do Sistema Penitenciário. Durante o julgamento, Orpinelli, manteve-se de cabeça baixa, sem demonstrar nenhuma reação. Ouvido pelo presidente do tribunal, Orpinelli, seguindo a orientação de seu advogado negou os crimes.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias