Menu
domingo, 16 de dezembro de 2018
Polícia

Homem é encontrado morto com faca cravada no pescoço

05 Mai 2007 - 12h37Por Redação São Carlos Agora
A rotina do bairro Jardim Hikare em São Carlos foi alterada na manhã de ontem com a presença de várias viaturas policiais em frente a uma casa em construção na rua Imperador Hiroito. Nos fundos da obra, os pedreiros encontraram próximo a uma edícula o corpo de Sebastião Mendes da Costa de 32 anos. Ele a cabeça cortada e uma faca cravada na garganta. No terreno os policiais encontraram manchas de sangue e um taco de sinuca quebrado no meio o que indica que houve uma briga. O local onde Costa foi encontrado morto fica a cerca de 10 metros de onde teria ocorrido a possível briga.A Polícia acredita que a vítima foi assassinada por mais de um homem, mas ainda não tem nenhum suspeito. Costa segundo um amigo estava morando nas proximidades de onde foi morto, mas ele não soube informar o nome da rua, disse ainda que o mesmo catava papelão e sucatas na rua e que morava sozinho. Na sua ficha criminal consta várias passagens por furto e roubo. O quarto assassinato em 10 dias começou a assustar a população da cidade. O comandante da PM local capitão Samir Gardini disse que apesar da violência empregada nestas mortes, a população não deve se sentir insegura já que a grande maioria das vítimas grande maioria possuíam passagens criminais e foram assassinadas por outros bandidos e traficantes. O crime: O 12º homicídio do ano foi comunicado a PM às 7h30. Pedreiros que trabalham na obra localizada na rua Imperador Hiroito em frente ao número 284 chegaram para mais um dia de serviço e quando se dirigiram para a edícula a fim de pegar as ferramentas encontraram o corpo caído obstruindo a passagem. Os pedreiros se assustaram e chamaram a Polícia imediatamente. Quando a primeira viatura chegou ao local, constatou que Costa estava morto e já apresentava sinais de rigidez cadavérica. O que chamou atenção foram manchas de sangue que havia no terreno do lado e em uma pilha de tijolos. O taco de sinuca foi encontrado próximo a estes tijolos e também estava sujo de sangue. A pochete com os documentos de Costa também foi encontrada no terreno e aparentemente nada de valor foi levado. Logo em seguida chegaram os investigadores do Plantão Policial, do 5º DP e Delegacia de Investigações Gerais que começaram a interrogar algumas pessoas que conheciam a vítima. A faca cravada na garganta de Costa só foi descoberta após a chegada do perito do Instituto de Criminalística que ao virar o corpo encontrou a arma, ele também verificou um corte profundo no crânio da vítima. Nas roupas de Costa o perito encontrou um maço de cigarros e uma caixa de fósforos. Após o trabalho pericial o corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal onde foi submetido a exames. Nenhum familiar compareceu no local. Um colega da vítima que pediu para não ser identificado disse que o mesmo morava sozinho e seus pais eram do estado de Minas Gerais. Esta mesma pessoa disse ainda ter visto Costa em um bar na noite anterior.O caso foi registrado no 5º Distrito Policial da Santa Paula que conduzira esta investigação.  Onda de mortes esta assustando a população– O 4º homicídio registrado nos últimos 10 dias em São Carlos vem assustando a população. Pelo menos esta é a sensação que se tem quando os crimes se tornam públicos através da imprensa e os comentários que são realizados em função dos mesmos. Apesar da série de homicídios o comandante da PM de São Carlos, capitão Samir Gardini disse que a população não deve se preocupar, já que a grande maioria das vítimas destes crimes são pessoas que já tiveram passagens policiais e presas. “Todas as vítimas têm passagem pela Polícia por envolvimento com o tráfico ou furto e roubo e isso é o reflexo de valores que a sociedade está passando”.Gardini explicou que este tipo de crime não tem como se antecipar e é difícil evitar. Para ele o importante é a resposta que vem sendo dada nestes casos. “A nossa resposta está sendo rápida os casos têm sido esclarecidos, os autores estão sendo presos, isso é o nosso papel e é a resposta que temos de dar a população”.O capitão frisou ainda o apoio que a população tem dado através do telefone 190 nestes tipos de casos e também na questão do tráfico de drogas. “É importante destacar que a aqui em São Carlos estamos batendo recorde na apreensão de entorpecentes e tráfico e isso se deve muito a população que tem ligado, passado informações através do 190, isso é sinal que ela confia na polícia que tem”, finalizou. 
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias