Menu
terça, 23 de outubro de 2018
Polícia

Homem é baleado e morto em mata do Tortorelli

04 Mai 2007 - 12h35Por Redação São Carlos Agora

A violência que gira em torno do tráfico de drogas fez mais uma vítima em São Carlos. O jovem Ricardo Henrique da Silva Toledo de 24 anos, conhecido pelo apelido de Raí foi executado com quatro tiros ontem à tarde no bairro Romeu Tortorelli. O homicídio aconteceu em uma mata que separa o bairro do campus II da USP ao lado da chácara dos Coqueiros. Depois de cerca de três horas do crime, policiais militares da Rocam prenderam Diego Henrique Cupaiolli e Taimiller Rodrigo Rezende ambos de 18 anos apontados como os principais suspeitos de terem praticado o homicídio em companhia de um menor que até o fechamento desta edição não havia sido localizado. Os dois rapazes negaram a autoria do crime e jogaram tudo nas costas do menor. A arma utilizada, provavelmente um revólver calibre 38 não foi encontrada pela PM. Diego em janeiro deste ano foi vítima de uma tentativa de homicídio após levar mais de 10 facadas pelo corpo no loteamento Jardim Embaré (ver box). Raí foi apontado pela polícia como um dos participantes deste crime. Dias após esta tentativa ele chegou a ser detido por policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e ouvido pelos investigadores. Na época ele confirmou que estava no carro utilizado no crime, mas negou que tenha dado as facadas em Diego. A PM informou ainda que a vítima estava sendo procurada pela Justiça, ele tinha passagens por porte de entorpecente, roubo e tentativa de homicídio. Diego e Taimiller foram autuados em flagrante por homicídio e recolhidos a cadeia pública de Descalvado. O crime – O 11º homicídio do ano em São Carlos aconteceu às 14h30 em uma mata localizada na rua Odete dos Santos, a última rua do bairro Romeu Tortorelli. Uma testemunha declarou que estava assistindo televisão em sua casa, quando ouviu quatro disparos de arma de fogo. Ao sair para ver o que havia ocorrido encontrou Raí caído ao lado da trilha que liga o bairro a região do shopping e ao campus II da USP. Esta pessoa não viu ninguém no local dos tiros, mas a Polícia informou que outras testemunhas teriam visto Taimiller que reside inclusive na chácara ao lado onde ocorreu o crime, Diego e o adolescente 17 anos, deixando rapidamente o local. Em poucos minutos várias viaturas da PM chegaram à mata e encontraram Raí já sem vida. Ele foi atingido nas costas, pescoço, rosto e testa. Alguns policiais foram até a casa de Diego, localizado na rua Pedro Paulo Porto no próprio bairro e lá encontraram apenas os documentos dele e do menor. Segundo informações eles teriam sido vistos deixando rapidamente a casa poucos minutos após o homicídio. Até então, a PM não sabia da participação de Taimiller, as suspeitas se iniciaram após a confirmação de que ele junto com Diego e o adolescente teriam na noite de quarta-feira se reunido e dito que iriam matar Raí. Enquanto viaturas da PM patrulhavam com vistas aos suspeitos, equipes da DIG e do 5º Distrito Policial rumaram para a mata onde estava o corpo de Raí. Com a chegada do perito do Instituto de Criminalística foi que a Polícia descobriu que a vítima carregava uma sacola branca contendo uma chave e um carregador de telefone celular que mais tarde se apurou que era de Diego. Somente por volta das 16h30 o corpo foi recolhido e encaminhado para o Instituto Médico Legal. Prisão dos suspeitos – A PM apurou que Diego tinha uma casa na região da Redenção, foi onde viaturas da Rocam começaram a patrulhar aquele bairro. Diego e Taimiller foram presos na rua João Sabino em frente ao número 1213. Os dois foram conduzidos ao 5º Distrito Policial onde estava sendo elaborado o boletim de ocorrência sobre o homicídio.A reportagem conversou com Diego e Taimiller, o primeiro disse que estava na casa de uma avó no Botafogo desde a manhã, mas caiu em várias contradições ao ser questionado sobre o crime. Ele confirmou que o carregador que estava em poder de Raí era seu, mas não soube explicar como o objeto foi parar com a vítima. Taimiller também negou a autoria do crime e disse que estava com Diego indo para a casa da avó do mesmo.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias