Menu
quarta, 17 de outubro de 2018
Polícia

Homem baleado no Beatriz é acusado de matar funileiro em 2011

25 Jun 2014 - 10h52
Local onde Deni foi encontrado caído. - Local onde Deni foi encontrado caído. -

O homem de 29 anos que foi baleado três vezes no começo da manhã desta terça-feira (24), na rua Professora Elidia Beneti, no Jardim Beatriz é acusado de ter cometido um homicídio em 2011.

Deni Francisco da Silva foi encontrado caído na rua e socorrido pelo Samu. Ele permanece internado na Santa Casa, mas não corre risco de morte.

Ele é acusado de ter matado no dia 30 de maio de 2011, o funileiro Joilson Martins Rios Filho, de 28 anos em uma rua do bairro Santa Felícia em São Carlos.

A morte do funileiro

Joilson foi morto quando chegava em sua residência no Santa Felícia. Antes do crime, ele teria ligado para sua ex-mulher para informar que pretendia visitar sua filha. A mulher alegou que estava em um pagode e que havia deixado a menina com uma vizinha, fato este que ocasionou uma briga pelo telefone.

Indignado, Joilson foi à procura da mulher no Jardim Gonzaga. Lá, ele a encontrou em companhia do motoboy Deni Francisco Silva onde acabou ocorrendo uma discussão e desavenças.

Depois de muita confusão, Joilson deixou o local em sua Honda CG 150 Titan, azul e seguiu para sua casa. Neste momento, Deni pediu a ajuda de seu amigo, o Wilsinho para que seguissem a vítima com seu veículo Fiat Tipo.

Por volta das 2h, Joilson acabou sendo interceptado pelo veículo Fiat Tipo no cruzamento das ruas Emilio Ribas e Francisco Possa, no Santa Felícia.

Wilsinho jogou o carro para cima da motocicleta de Joilson, provocando uma colisão frontal.  A vítima foi arremessada ao chão e posteriormente foi agredida à pancadas pelos acusados que saíram do veículo.

Deni foi preso em flagrante pela Policia quando tentava arrastar o corpo e a moto de Joilson para um matagal. Wilsinho que estava junto conseguiu fugir, porém em Setembro de 2011 se apresentou à polícia.

 No dia 7 de junho de 2011, Deni acabou sendo colocado em Liberdade Provisória. A dupla foi indiciada por homicídio simples

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias