Menu
segunda, 17 de dezembro de 2018
Polícia

Evangélico de 55 anos é assassinado com requintes de crueldade

13 Set 2007 - 17h59Por Redação São Carlos Agora
0 - 0 -
A cidade de São Carlos mais uma vez ficou chocada com um bárbaro crime. O sapateiro José Carlos Rodrigues de 55 anos foi achado morto no interior da sua sapataria. Ele apresentava 19 perfurações de faca. A sapataria está localizada na rua Silvério Iganarra Sobrinho, 249 na Vila Monteiro. O corpo do sapateiro foi localizado por volta das 1h depois que um pastor da igreja que Rodrigues costumava freqüentar ter estranhado a sua ausência e pelo fato dele não atender ao telefone celular. Ao chegar à sapataria o pastor pediu ajuda a um vizinho para abrir a porta e acabou encontrando Rodrigues caído e sem vida. Segundo informações uma vizinha ouviu gritos de socorro por volta das 18h45. Ela achou que poderia ser um andarilho. Após as suplicas de socorro a mulher declarou ainda que ouviu a porta do estabelecimento ser fechada, porém não desconfiou de nada. Este homicídio foi comunicado à Polícia Militar por volta das 1h desta madrugada. O vizinho a sapataria que é guarda municipal declarou aos policiais Santos e Cortes da viatura 38121, que estava em sua residência quando apareceu o pastor da mesma igreja que Rodrigues freqüentava solicitando sua ajuda para averiguar o interior da sapataria. Após abrirem as portas do local os dois homens avistaram Rodrigues caído em meio a uma poça de sangue. O SAMU foi acionado, porém nada mais podia fazer. Os peritos da Polícia Cientifica foram acionados e encontraram 19 facadas no corpo da vítima. 11 delas no peito e as demais nas costas, queixo, ombro, mãos e dedos. As posições das perfurações indicam que Rodrigues ainda tentou se defender das agressões. “A vizinha da sapataria relatou aos policiais que ouviu a voz de uma pessoa dizendo: ai Jesus, misericórdia, socorro”. Ela chegou a sair na rua para verificar o que estava ocorrendo, porém não avistou e achou que poderia ser um andarilho que tenha passado defronte a sua residência. No bolso da vítima foram encontrados R$ 90,00 em dinheiro e ao lado do corpo a carteira com os documentos pessoais bem como o telefone celular. Com isso a Polícia descartou a hipótese de latrocínio. O corpo de Rodrigues que era evangélico da igreja Assembléia de Deus foi encaminhando para o IML, onde passou por exames e logo após foi liberado para a família. Esse é o 14º homicídio do ano registrado pela Polícia. O caso deverá ser investigado pelo 4º Distrito Policial do Jardim Ricetti e pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG).
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias