Menu
quinta, 18 de outubro de 2018
Polícia

Estudante é preso vendendo drogas em escola pública

02 Jun 2007 - 18h05Por Redação São Carlos Agora
Policiais Militares da Ronda Escolar, prenderam em flagrante ontem de manhã o estudante Leandro Rocha de 18 anos depois de denúncias de que ele estava vendendo drogas na escola estadual Adail Malmegrim Gonçalves no distrito de Água Vermelha em São Carlos. Em seu poder os militares encontraram algumas porções de maconha. O estudante tinha armazenado mais drogas em uma moita da escola e um tijolo de maconha com quase um quilo da droga enterrado no quintal da sua casa, uma propriedade rural na região da represa do 29. Valter Vitório da Rocha, 38, o Cigano, tio de Leandro também foi preso. Ele estava sendo procurado por policiais da Delegacia de Entorpecentes pelo seu envolvimento com drogas.O flagrante aconteceu às 9h40. O cabo Patrick da 1º Companhia estava na escola ministrando palestras do programa da Polícia Militar J.C.C., Jovens Construindo a Cidadania. Quando ao retornar para sua viatura notou que uma pessoa havia deixado um bilhete no pará brisa do veículo oficial informando que um tal de Leandro de uma das 8º séries da escola vendia drogas pelo local. O policial então foi até a sala indicada e localizou Leandro. Ao ser revistado o policial encontrou 5 invólucros de maconha pesando 20 gramas. O estudante confessou que vendia drogas na escola e apontou uma moita de cidreira, dizendo que neste local havia mais maconha. O policial acompanhado de funcionários da escola foi até a moita e encontrou uma lata de perfume contendo mais 17 invólucros de maconha pesando 70 gramas.Com apoio de viaturas da Ronda Escolar Leandro foi levado até sua casa localizada na fazenda Santa Mônica na represa do 29. Quando as viaturas chegaram, os policiais avistaram Cigano tentando deixar o local. Mas ele logo foi detido. Leandro estaria vendendo drogas a pedido do tio que já possui várias passagens pela Polícia e que inclusive estava sendo procurado pelos investigadores da Delegacia de Entorpecentes. No quintal da casa do estudante os militares encontraram enterrado, mais um tijolo de maconha pesando 915 gramas.Tio e sobrinho foram encaminhados para a DISE e apresentados a delegada Denise Gobbi Szakal. Os dois foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação ao tráfico, no final da tarde eles foram levados para a cadeia de Descalvado onde irão aguardar a decisão da Justiça.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias