Menu
quinta, 26 de abril de 2018
Polícia

Em dia santo, quase 50 túmulos são violados em Araraquara

21 Mar 2008 - 13h36Por Redação São Carlos Agora
Vândalos driblaram o esquema de segurança e violaram quase 50 sepulturas em duas quadras do Cemitério São Bento, no centro de Araraquara, na madrugada de hoje. Os estragos só foram descobertos pela manhã e deixaram os funcionários boquiabertos principalmente pela data: a Sexta-Feira Santa. O prejuízo total de quase R$ 50 mil deve ser coberto pelas próprias famílias lesadas.
"Nunca vi nada parecido aqui no cemitério. Ainda estamos fazendo uma ronda para ver se existem outros pontos de destruição", diz Antonio Donizete Galeazi, administrador do Cemitério São Bento. Nenhum corpo foi violado. Ele acredita que a ação foi cometida por várias pessoas porque carregar e tombar estátuas de Jesus Cristo que pesam mais de 120 quilos não é fácil.
A impressão é que os vândalos desceram uma avenida do cemitério chutando o que viram pela frente. Eles miraram os túmulos maiores e deixaram de lado os mais "pobres". Estátuas foram tombadas e chegaram a ficar jogadas em meio ao mato; algumas amassaram vasos. O granito dos túmulos foi quebrado. Uma estátua de Cristo, por exemplo, teve a mão arrancada.
"Eles ainda deixaram a mão para mostrar", relata o administrador que não terá condições de consertar as sepulturas até o domingo de Páscoa. Dezenas de vasos foram quebrados e flores ficaram espalhadas por muitos pontos do cemitério. Fotos deixadas pelas famílias em homenagem a pessoas mortas também acabaram danificadas.
Em um dos túmulos, segundo Galeazi, os vândalos chutaram e tombaram parte da sepultura. O segurança que ronda de moto e armado a madrugada no cemitério não viu e ouviu nada. A Guarda Municipal registrou o caso na delegacia de plantão. A perícia deve ser chamada ao local ainda hoje. A polícia não começou a investigar o caso.
No começo do mês, guardas municipais prenderam três adolescentes com 44 placas de bronze furtadas do cemitério. Eles foram ouvidos e liberados. O cemitério central de Araraquara tem quase 12 mil sepulturas.
Cláudio Dias/Tribuna Impressa
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias