Menu
domingo, 19 de agosto de 2018
Polícia

Educador é morto por adolescente infrator

Vítima deixa quatro filhos e esposa

12 Mar 2008 - 02h15Por Redação São Carlos Agora
Casado, 38 anos, pai de quatro filhos e trabalhador. Esse é o perfil do educador que teve sua vida interrompida covardemente pelas mãos de um interno de 17 anos na noite de ontem (11). O educador que morava na cidade de Itirapina foi morto com quatros tiros e não teve a mínima chance de defesa. Tudo porque no cumprimento do seu dever o mesmo reprimiu o adolescente que fazia uso de entorpecentes nas dependências da casa de convívio Lucas Perroni Júnior, onde funciona o sistema semi-aberto. O menor entrou livremente no estabelecimento portando uma arma e após efetuar os disparos fugiu pelas ruas do bairro. Não houve tempo de prestar socorro. Quando os primeiros policiais chegaram ao local, a vítima já estava morta e seu corpo se encontrava em decúbito dorsal. Outros funcionaram que trabalham na casa e eram amigos da vítima estavam chocados e muito abalados.
Segundo apurado no local, no último domingo (09) o educador Artur Carlos de Lima teria advertido o adolescente B.F.S., 17, que é interno da Casa de Convívio Lucas Perroni Júnior, uma chácara localizada na avenida Gregório Avessa, 465, recreio São Judas Tadeu, pois o mesmo estaria fazendo uso de entorpecentes no interior do instituição. O menor não aceitou a represália e disse ao educador que aquilo não iria ficar assim e que ele iria se vingar. Na noite de ontem, Lima cumpria mais um dia de trabalho em companhia de outro educador e mais seis adolescentes que estavam na casa. O companheiro de trabalho de Lima, H.C.B., 35, disse ao colega que o adolescente B.F.S. teria saído por volta das 21h. Lima então disse que aquilo era normal e que o menor costumava sair para dar um “peão”, gíria que significa dar uma volta. Porém por volta das 21h45, O adolescente retornou armado, provavelmente com um revólver calibre 38 e foi em direção a sua vítima que estava próxima a um bebedouro de água. O adolescente então desferiu um tiro contra Lima que cambaleando ainda conseguiu correr. Neste momento B.F.S. foi atrás de H.C.B. e lhe apontou a arma. O funcionário disse para parar com aquilo, para que ele não atirasse. Percebendo o perigo o rapaz saiu correndo e quando olhou para trás viu que o adolescente foi atrás de Lima novamente e efetuou mais três disparos. A vítima sem chances de se defender caiu ao solo. O menor fugiu em seguida. H.C.B. percebendo a gravidade do ocorrido saiu correndo por uma mata e após alguns minutos chegou até o bairro Azulville II, onde acionou a Polícia Militar.
Os primeiros policiais que chegaram no local verificaram o estado de Lima e constataram que o mesmo havia falecido. Diversas viaturas cercaram a região em busca do menor infrator, porém sem sucesso. A Polícia Cientifica foi acionada e realizou os trabalhos de coleta de dados. O delegado Mauricio Dotta, que respondia pelo Plantão Policial na ocasião também esteve presente.
Lima deixa quatro filhos de 2, 10, 14 e 15 anos, além da esposa. Ele era morador do bairro Jardim Nova Itirapina, cidade de Itirapina. O seu corpo foi encaminhado para o IML e deverá ser liberado pela madrugada para o funeral.
A Polícia Militar prossegue na captura do adolescente durante toda a madrugada e o dia de hoje.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias