Menu
sexta, 20 de abril de 2018
Polícia

Dona de casa é presa após ser flagrada vendendo maconha

26 Set 2007 - 09h56Por Redação São Carlos Agora
Uma dona de casa de apenas 28 anos, foi presa em flagrante na tarde de segunda-feira, após ser denunciada pelo parente de um viciado em drogas. A denunciante não agüentava mais ver o viciado consumir maconha e resolver passar informações a polícia.Motos da Rocam (Rondas Ostensivas com Apoio de Motos), foram para o local e encontraram dezenas de invólucros de maconha. A acusada, alegou que estava vendendo drogas há um mês por estar passando por problemas financeiros.O flagrante aconteceu às 16hs. Os policiais da Rocam, faziam rondas pelo Jardim Gonzaga, quando receberam a informação que a moradora da casa 06, na travessa Seis, estaria vendendo drogas a jovens. Os PMs foram ao local e avistaram C.O.M.A mulher correu para dentro da casa e jogou uma sacola no lixo. Só que sua movimentação foi acompanhada pelos militares que a prenderam na cozinha. No lixo, estava a sacola com 40 invólucros de maconha pesando 158,8 gramas e ainda R$ 360,00 em dinheiro.Questionada sobre o entorpecente, a mulher confessou que vendia para se sustentar. Uma amiga de C.O.M., também foi detida para averiguação, mas acabou sendo liberada na delegacia. C.O.M. já possui várias passagens por furtos e já esteve presa em Ribeirão Bonito. Ela ainda foi condenada a seis anos de reclusão em regime fechado pela comarca de Indaiatuba. Apresentada na DISE, ela foi autuada em flagrante por tráfico e recolhida em Ribeirão Bonito.Porte de drogas – Quando os policiais da Rocam, estavam acompanhando a viatura que conduzia a dona de casa até a DISE, avistaram um rapaz em uma moto no cruzamento da ruas República do Líbano com Pádua Salles. O mesmo quando viu as motos, começou a dispensar, cápsulas de cocaína em via pública e acabou sendo detido.D.A.D., de 19 anos, estava com uma moto Honda Titan, 2007, azul, placas de São Carlos.Após dispensar três cápsulas cheias de cocaína e uma vazia, ele foi abordado. Em seu poder os policiais, encontraram mais R$ 600,00 em dinheiro. Questionado sobre a droga, o jovem disse que era viciado, em relação ao dinheiro, alegou que estava guardando para um amigo para que ele não gastasse.D.A.D., também foi conduzido ao prédio da DISE onde foi confeccionado um termo circunstancia de porte de entorpecente e depois liberado. 
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias