Menu
segunda, 20 de agosto de 2018
Polícia

Cavalo e boiadeiro morrem afogados em represa

Gado ainda teria evitado tragédia maior

03 Out 2007 - 09h36Por Redação São Carlos Agora
Um jovem de 25 anos morreu afogado na tarde de ontem. O boiadeiro Fábio Welinton Silva Cabral de 25 anos, supervisor da Fazenda Copacabana entrou com o seu cavalo em uma pequena represa e afundou. Sem saber nadar Cabral morreu afogado, bem como o cavalo. O sobrinho de 12 anos que estava no local apenas assistiu o tio morrer, pois não conseguiu chegar a represa a tempo. Este foi o 4º afogamento registrado no segundo semestre deste ano em São Calos.Segundo apurado a fatalidade aconteceu por volta das 10hs. Cabral que residia na propriedade há cerca de 30 dias, recebeu a visita de um sobrinho vindo da cidade de Descalvado. Aproveitando que iria fazer a conferencia do gado, Cabral, selou dois cavalos e acompanhado do sobrinho saiu para percorrer o pasto. Os dois se dirigiram para os fundos da fazenda onde existe uma pequena represa que divide a propriedade com outra e avistando a beira da água uma vaca preta toda molhada. Ele imaginou que novilhas também tivessem entrado na água, por isso solicitou ao sobrinho que o aguardasse pois iria fazer um arrastão na beira da represa a fim de verificar se algum animal tinha passado para a fazenda vizinha.  Segundo informações obtidas no local, o referido gado que estava molhado, tentou impedir a entrada de Cabral e seu cavalo na represa. Mesmo sem conhecer o local ele tocou seu cavalo para dentro da água quando veio a afundar repentinamente.Sem saber nadar o boiadeiro até tentou ficar sobre a sela, porém segundos após caiu na água. Moradores da fazenda vizinha ouvindo os gritos do menino e percebendo o boiadeiro se debatendo nas águas, correram para a divisa das terras, um deles avistou o menino chorando sobre seu cavalo e ao tentar transpor a cerca para tentar ajudar o boiadeiro, também foi atacado pela vaca, que o impediu de entrar na represa.O sobrinho ficou traumatizado e teve de ser amparado pelos moradores desta fazenda até a casa sede da fazenda e acionaram os Bombeiros.Uma equipe de mergulhadores comandada pelo 2º sargento Thomaz, se dirigiu até a propriedade e passaram a realizar mergulhos na represa a procura de Cabral. Ele só foi localizado por volta das 12h50. De acordo com os Bombeiros ele estava no fundo da represa a seis metros de profundidade junto com o cavalo. O animal com auxílio de moradores, foi arrastado para fora da represa e o boiadeiro foi retirado até as margens.A Polícia Militar também foi chamada e preservou o local até a chegada dos peritos da Polícia Científica. Somente após todos os levantamentos o corpo de Cabral foi remoído para o Instituto Médico legal (IML) de São Carlos, onde passou por exames e liberado
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias