Menu
terça, 11 de dezembro de 2018
Polícia

Adolescente acusado de matar educador é internado no NAI

14 Mar 2008 - 10h08Por Redação São Carlos Agora
O menor B.F.S., de 16 anos que é acusado de matar o educador Artur Carlos de Lima, 38, na última terça-feira na Casa de Convivência Lucas Perroni Júnior, onde funciona o sistema de semi-liberdade, foi internado no NAI (Núcleo de Atendimento Integrado). A internação foi decidida pelo juiz da Vara da Infância e Juventude, João Galhardo. O outro interno que fugiu e acolheu o acusado em sua casa também foi recolhido no mesmo estabelecimento.
Segundo reportagem publicada hoje (14) no jornal Folha de São Paulo em seu caderno Folha Ribeirão, a mãe do infrator A.F.S., 40, diz que parte da atitude do garoto se deve modelo aplicado pelo NAI, onde o rapaz passou por três vezes antes de ir para a casa de semi-liberdade. Segundo a mulher, ela não sabe o que pode acontecer e diz que lá ele não pode ficar.
O menor só poderá ficar no NAI por 45 dias e depois deste período o juiz tem que decidir se ele será internado em uma unidade da Fundação Casa (antiga Febem).O padre Agnaldo Soares que administra a casa de convivência e o NAI, acha que o garoto deve ser internado. Ele relata na reportagem que isso é claro, pois o menor passou várias vezes pelo NAI, recebeu medidas socioeducativas e não se recuperou.
O juiz João Galhardo foi procurado pela redação do jornal Folha de São Paulo, porém informou por meio de funcionários que está impedido de comentar o caso, já que irá julgá-lo.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias