Menu
domingo, 21 de outubro de 2018
Polícia

2º DP esclarece tentativa de homicídio no Antenor Garcia

01 Jul 2014 - 10h36
Foto Luciano Lopes - Foto Luciano Lopes -

Nesta semana o delegado Walkmar da Silva Negré deverá encaminhar ao Ministério Público e Poder Judiciário o Inquérito Policial (IP) já concluído sobre mais uma tentativa de homicídio em que foi vítima uma dona de casa de 20 anos, que na noite do dia 10 de junho recebeu dois tiros que atingiram o seu rosto a o abdômen quando ela se encontrava na região de uma casa de materiais para construção no bairro Antenor Garcia, região sul de São Carlos.

Os investigadores do 2º Distrito Policial após várias diligências identificaram um servente de pedreiro que se apresentou para dar sua versão sobre o crime em que estaria sendo acusado.

INVESTIGAÇÕES

Segundo a reportagem conseguiu apurar, no início da tarde do dia 16 de junho, os investigadores do 2º Distrito Policial encontravam-se no bairro Antenor Garcia, tentando localizar o servente de pedreiro J.G.S., 35, o “Dué” e a arma que ele teria usado para tentar matar a dona de casa Letícia O.L., 20. Sabendo deste fato “Dué”, acabou se apresentado aos investigadores e entregando o revólver calibre 22, da marca Bagual, que ainda continha dois cartuchos deflagrados e outros cinco ainda intactos. Indagado sobre o crime, ele alegou que seria o autor dos disparos, mas se defendeu dizendo que agiu por legítima defesa.

CONFISSÃO

Encaminhado pelos investigadores a presença do delegado Walkmar da Silva Negré, o servente de pedreiro que não possuía passagens pela polícia alegou a autoridade policial que na noite do dia 10 de junho estaria em sua residência, localizada na rua Nossa Senhora da Rosa Mística, no bairro Antenor Garcia, quando por volta das 19 horas teria sido procurado por Letícia, que alucinada pedia dinheiro para comprar drogas. Alega “Dué”, que não deu e saiu com a dona de casa para rua a fim de acalmá-la, quando nas proximidades de uma casa de materiais para construção, localizada na rua Maria Eugenia Fabiano, Letícia, teria se revoltado e sacado de uma faca serrilhada desferindo um golpe contra ele que se esquivou, mas, teria sido atingido no queixo e no segundo golpe conseguiu novamente se esquivar e após sacar de seu  revólver, calibre 22, que portava na cintura desferiu dois tiros contra a mulher que caiu e não sabendo onde teria acertado fugiu com medo de ser preso.

ARMA USADA NO CRIME

Sobre a arma, “Dué”, alega que estaria portando a mesma, pois, teria se envolvido em uma briga no bairro e estaria jurado de morte por algumas pessoas e o revólver seria um presente de seu irmão já falecido. Após ser ouvido e ter a arma apreendida o servente de pedreiro indiciado pelo crime de tentativa de homicídio e posteriormente foi liberado, uma vez que se comprometeu em comparecer as convocações da Polícia Civil e do Judiciário.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias