Menu
segunda, 17 de dezembro de 2018
Em casa

Invicto, Meneghelli/Objetivo busca título da Liga Centro Oeste

07 Dez 2018 - 13h27Por Marcos Escrivani
Invicto, Meneghelli/Objetivo busca título da Liga Centro Oeste - Crédito: Marcos Escrivani Crédito: Marcos Escrivani

O 27º Festival Interno Gerson Zapparoli Filho está em pleno andamento e as finais da categoria sub17 da Liga Centro Oeste Paulista fazem parte da programação de 2018. Os jogos decisivos acontecem neste final de semana, em São Carlos, com as quatro melhores equipes definindo quem é o melhor do ano. As partidas serão realizadas no ginásio municipal de esportes Clube dos Bancários, altos da Vila Nery.

No sábado, 8, a partir das 10h, iniciam-se as semifinais. O invicto Meneghelli/Objetivo, dez jogos sem perder e na condição de melhor equipe até aqui no torneio vai enfrentar Iacanga, que tem a quarta melhor campanha. Em seguida, Araçatuba enfrenta Tupã.

No domingo, 9, a partir das 10h, os perdedores decidem o terceiro lugar e os vencedores fazem a final de 2018.

Cuidando do torneio interno que reúne todos os alunos da escola de basquete, o técnico Nivaldo Carlos Meneghelli Júnior se preocupou ao longo da semana em preparar a equipe e adianta que não tem favoritismo.

“Concordo que fizemos a melhor campanha. Mas isso foi na primeira fase. Agora tudo começa do zero, uma nova competição. A única vantagem nossa é jogar em casa, perante a nossa torcida e na nossa quadra. Mas isso não é garantia de nada. Não vejo facilidade contra Iacanga e creio que vamos ter uma pedreira grande pela frente. Vai ser complicado. Ninguém quer perder”, previu.

NOS DETALHES

“Um erro pode ser fatal”. Com essa frase Meneghelli definiu o que deverá ser as semifinais da Liga Centro Oeste Paulista. Na primeira fase o time sub17 jogou dois turnos e fez dez partidas, com dez vitórias.

“Ali uma derrota poderia ser recuperada. Mas agora não. É mata-mata e temos que evitar os erros. A vitória estará nos detalhes. Na psicologia com os atletas, em uma bola perdida, em um ataque mal concluído. Em um lance livre, três segundos no garrafão. A meta é que os atletas estejam focados 100% e importante esquecer a primeira fase. Estamos em um outro campeonato e não podemos perder se quisermos levantar a taça”, finalizou o técnico são-carlense.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias