Menu
quinta, 16 de agosto de 2018
Cidade

Secretários participam de nova reunião com ocupantes de área pública no Antenor Garcia

13 Mai 2014 - 21h27
0 - 0 -

Nesta tarde de terça-feira (13), representantes dos moradores que ocupam uma área pública, no bairro Antenor Garcia, foram recebidos mais uma vez pelo secretário de Governo, Julio Soldado, juntamente com os secretários Wiviane Tiberti (Cidadania e Assistência Social), Alfredo Colenci Junior (Planejamento e Gestão) e com o diretor presidente da Prohab, Mauro Luiz Moraes.

Na reunião anterior, realizada em 7 de maio, representantes dos moradores informaram que um total de 46 famílias ocupavam o local. Posteriormente, a equipe da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social esteve no local realizando o agendamento das famílias para comparecimento, posterior, na secretaria, a fim de realizar triagem e cadastramento de cada uma delas.

Contrariando a informação anterior, os representantes, nesta nova reunião, informaram que o número de famílias ocupantes do local não é 46, mas sim de 76 famílias, e que este número pode ser ainda maior, uma vez que, segundo eles, existe dificuldade para um total controle e acompanhamento das famílias, devido ao fato de elas trabalharem em horário comercial.

O secretário Julio Soldado explicou sobre a responsabilidade da comissão em fazer um novo levantamento das famílias do local invadido. “Estranhamos um pouco, pois os representantes dos moradores presentes nesta reunião não são os mesmos que estiveram na reunião passada. Os vereadores Dé Alvim, Penha, Freire e Eduardo Brinquedos, justificaram ausência em função da reunião na Câmara Municipal, mas colocaram a Câmara Municipal à nossa disposição para que possamos resolver esta situação. Nesta reunião, ficou acordado que os representantes dos moradores farão um novo levantamento das famílias, uma vez que o número é diferente do informado anteriormente, e devem apresentar estes dados à Prohab nesta quarta-feira, dia 14 de maio. Com isso, teremos condições de realizar a parte operacional e ver quais são as famílias que estão aptas a receber o Aluguel Social. Temos apenas 13 dias para cumprir a liminar da justiça, que determina que a área invadida seja reintegrada ao município”, disse Soldado. 

O secretário de Governo ressaltou ainda o pedido do prefeito Altomani para solucionar o caso. “Ressalto que o prefeito Paulo Altomani pediu o maior empenho possível por parte da secretaria de Cidadania e Assistência Social, da Prohab, para atingirmos a solução deste caso. Lembrando que, as assistentes sociais estiveram no local, na sexta-feira (9), mas infelizmente houve um tumulto e elas não conseguiram realizar o trabalho. Assim que a Prohab receber o levantamento das famílias, conforme acordo com a comissão, será feita uma triagem em cima disso”.

Segundo a secretária WivianeTiberti, existe todo um processo a ser realizado e o fato da família constar na listagem, não significa que está aprovada ou que será beneficiada. “Aguardamos o levantamento das novas informações para ver se há a necessidade de mais algum tipo de atendimento. Depois disso é que poderemos fechar nossos critérios. Estamos empenhados em resolver a situação tanto que, foram disponibilizadas, na sexta-feira (9), várias assistentes sociais que ficaram na secretaria de Cidadania e Assistência Social o dia todo, fazendo o atendimento e avaliação social das famílias que compareceram. Vale lembrar que, das 38 famílias encontradas no local e que receberam agendamento para atendimento na secretaria, apenas 28 compareceram”, declarou.

Também participaram da reunião, o diretor de Negócios Jurídicos da Prefeitura, José Mauricio Garcia Neto e o comandante da Guarda Municipal, Jorge Luís Negretto.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias