Menu
segunda, 19 de novembro de 2018
Cidade

Secretaria de Saúde oferece mamografias sem pedido médico à partir de segunda-feira

14 Fev 2014 - 19h35
0 - 0 -

A partir da próxima segunda-feira (17), as mulheres de São Carlos, com idade entre 50 e 69 anos, poderão realizar, gratuitamente pelo SUS (Sistema Único de Saúde), os exames de mamografia no mês em que comemoram aniversário, sem a necessidade de apresentar pedido médico. Parceria da Secretaria Municipal de Saúde com o Governo do Estado, o programa "Mulheres de Peito" tem como principal objetivo a detecção precoce do câncer de mama.

 Para agendar a mamografia gratuita, sem apresentação de solicitação do médico, alguns critérios devem ser seguidos. Num primeiro momento serão beneficiadas as mulheres que nasceram em anos pares. Como a recomendação é para o mês de aniversário, nascidas em janeiro poderão realizar os exames também em fevereiro. As mulheres nascidas nos anos ímpares, contarão com o benefício do programa a partir do ano que vem, também obedecendo o mês de aniversário.

 A secretaria de Saúde, porém, alerta que as mulheres que nasceram em anos ímpares e que estejam há mais de dois anos sem fazer mamografia, poderão fazer o exame ainda neste ano, através do programa "Mulheres de Peito", com previsão de, no máximo, 45 dias após a solicitação ter sido realizada.

 Em São Carlos, o agendamento estará disponível em todas as Unidades de Saúde. Segundo o secretário Municipal de Saúde, Ricardo Innecco Castro, o programa vem somar ainda mais o cuidado das mulheres em relação a doença. “No ano passado, através de uma iniciativa da primeira dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade “Amai-Vos”, Alice Altomani,aconteceu o Outubro Rosa, que facilitou os exames de mamografia em toda a rede de saúde. A inserção de São Carlos no programa do Governo do Estado Mulheres de Peito, aumenta o alerta do câncer de mama. Se o câncer for detectado precocemente, pode ser tratado com mais tranqüilidade, disse Ricardo”.

 O câncer de mama é a 2ª neoplasia mais freqüente que acomete mulheres em todo mundo, atrás apenas dos tumores de pele não-melanoma. O secretário de saúde também salientou que a cidade vai atender pacientes da microrregião, que já disponibiliza de um fluxo para tratamento dos casos positivos da doença.

 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias