Menu
terça, 14 de agosto de 2018
Cidade

Santa Casa está credenciada no Programa Rede Cegonha do Ministério da Saúde

29 Abr 2014 - 08h56
0 - 0 -

A Santa Casa de Misericórdia de São Carlos está inserida no Programa do Governo Federal chamado de Rede Cegonha. Trata-se de uma estratégia do Ministério da Saúde que visa implementar uma rede de cuidados para assegurar às mulheres o direito ao planejamento reprodutivo e a atenção humanizada à gravidez, ao parto e ao puerpério e às crianças o direito ao nascimento seguro e ao crescimento e ao desenvolvimento saudáveis. 

No final do ano passado dentro de um evento que ocorre anualmente na Santa Casa que é a Semana de Humanização Hospitalar foi criado um espaço especial para discutir um pouco mais além do tema Rede Cegonha e buscar melhorias e também condições adequadas para que no momento do parto, a mulher possa ser melhor acolhida.

“Entendemos que a gestação é um momento de muitas expectativas e sonhos na vida de uma mulher. Sentimentos que crescem durante os meses em que o bebezinho se desenvolve em seu ventre e nos contatos feitos através dos seus movimentos. As condições finais desta gestação, precisa estar ajustada com o que a gestante necessita enquanto cuidados técnicos e também os cuidados emocionais, para que ela possa vivenciar essa experiência de maneira numinosa! Esse momento é único, nele ocorre algo que nunca poderá ser esquecido ou explicado;” comentou a psicóloga clínica hospitalar  da Santa Casa de São Carlos Juliana Ferrnandes Tedesco, uma das organizadoras dessa semana de humanização.  

A Santa Casa de São Carlos através de sua mesa administrativa e de sua Provedoria já está elaborando um projeto minucioso sobre a reestruturação completa da Maternidade Dona Francisca Cintra Silva para que suas instalações fiquem adequadas às resoluções impostas pelo Ministério da Saúde. Falta apenas a liberação de verbas do Programa Rede Cegonha para que a Santa Casa comece a colocar em prática todo o projeto futurista que certamente irá transformar a Maternidade da Santa Casa em referência regional e com grandes benefícios para os pacientes.     

Mais sobre o Programa

Em 2011, foi lançada no Brasil a Rede Cegonha, que sistematiza e institucionaliza um modelo de atenção ao parto e ao nascimento que vem sendo discutido e construído no país deste os anos 90, com base no pioneirismo e na experiência de médicos, enfermeiros, parteiras, doulas, acadêmicos, antropólogos, sociólogos, gestores, formuladores de políticas públicas, gestantes, ativistas e instituições de saúde, entre muitos outros.

Trata-se de um modelo que garante às mulheres e às crianças uma assistência humanizada e de qualidade, que lhes permite vivenciar a experiência da gravidez, do parto e do nascimento com segurança, dignidade e beleza. Não se pode esquecer jamais que dar à luz não é uma doença ou um processo patológico, mas uma função fisiológica e natural que constitui uma experiência única para a mulher e o(a) parceiro(a) envolvido(a).

Através da ampliação do acesso e da melhoria da qualidade do pré-natal, da vinculação da gestante à unidade de referência e ao transporte seguro, da implementação de boas práticas na atenção ao parto e nascimento, incluindo o direito ao acompanhante de livre escolha da mulher no parto, da atenção à saúde das crianças de 0 a 24 meses e do acesso às ações de planejamento reprodutivo.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias