Sex, 23 de Junho de 2017
Tamanho da Letra: mais menos
19/04/2017 - 15h28   |   Atualizado em 19/04/2017 - 15h33
Redação

Estudante de São Carlos mutila os braços durante jogo 'Baleia Azul'

A família de um adolescente de 15 anos, que estuda em uma escola particular de São Carlos, sofre com as consequências de um jogo virtual denominado Baleia Azul, que viralizou nas redes sociais e que pode levar o participante ao suicídio.

O estudante fez cortes nos braços, como parte das tarefas que os jogadores são submetidos. Colegas de escola descobriram a auto-mutilação e comentaram com a diretora que chamou os pais do estudante no sentido de orientá-los sobre o grave problema que estaria atingindo o jovem.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A mãe do garoto, preocupada e desesperada chegou a utilizar sua página no Facebook e em um post tentou traduzir o momento que ela passava. "Talvez falte academia, curso de inglês, viagem. Coisas que tirem ele do computador", alertou. "E que o tragam para a vida real", completou.

O JOGO

O termo jogo da Baleia Azul refere-se a um suposto assunto em uma rede social russa ligado ao aumento de suicídios adolescentes. Supostamente, o "jogo" envolve uma série de tarefas que os jogadores devem completar, algumas das quais envolvem auto-mutilação. A última tarefa é o suicídio. Embora nenhuma morte tenha sido definitivamente ligada à Baleia Azul, houveram fotos de feridas auto-cortantes compartilhadas em redes sociais, juntamente com as hashtags do jogo.

O termo "Baleia Azul" refere-se ao fenômeno de baleias encalhadas, que é comparado ao suicídio. Enquanto o fenômeno parece ser real em certa medida, algumas publicações exageraram seu alcance, levando a um certo pânico moral. Além disso, o jogo forneceu forragem para vários teóricos da conspiração, alguns dos quais afirmam que é uma campanha organizada dirigida por ucranianos. (Wikipedia)

comments powered by Disqus