Menu
sexta, 21 de setembro de 2018
Cidade

Museu de Pedra de Santa Eudóxia será inaugurado domingo

19 Dez 2008 - 19h27Por Redação São Carlos Agora
Nesse domingo (21),  às 11 horas, o prefeito Newton Lima inaugura o Museu de Pedra de Santa Eudóxia, que contará a história do distrito e particularmente a história do café no município de São Carlos.O Museu de Pedra tem esse nome por ser construído em pedra por artesãos do próprio distrito. A pedra-ferro é encontrada facilmente nas fazendas próximas a Santa Eudóxia, característica de construção no período do café e da escravatura.“O trabalho em pedra é uma arte que remonta ao século XIX e foi uma das grandes contribuições dos africanos que foram trazidos para o país. A arte do corte da pedra e do encaixe em construções e pavimentações é denominada cantaria”, explica Ana Lúcia Cerávolo, diretora da Fundação Pró-Memória de São Carlos.O distrito de Santa Eudóxia conta com uma população de aproximadamente 3.000 pessoas, sendo as atividades rurais preponderantes. Na região existem várias fazendas históricas do período cafeeiro, sendo as mais destacadas a Fazenda Grande (Fazenda Santa Eudóxia), tombada pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo) e a Fazenda Figueira Branca.Um dos grandes idealizadores e incentivadores do Museu é o secretário-executivo da Câmara Municipal, João Muller, morador do distrito, que diz que a idéia de criar um Museu em Santa Eudóxia surgiu após uma análise sobre o potencial turístico do distrito.“Meu objetivo foi de retratar a história do distrito por meio de objetos, documentos, fotos, entre outros. Também porque a arquitetura em pedra- ferro, material abundante no local, traz características das construções antigas. Além disso, a criação de um museu é investimento em cultura lato- senso”, completa Muller. O museu tem o nome de Airton Leopoldino Junior, “Tinho Leopoldino”, pelo vínculo que tinha com o distrito. Neto de Abel Terrugi e filho de Airton Leopoldino, proprietário da Engenharia e Comércio Bandeirantes, viveu a infância e juventude naquela localidade, onde tinha inúmeros amigos. Proprietário e administrador do Haras Canaã, deu emprego a muitas famílias.Para que se tornasse possível a inauguração do Museu da Pedra no distrito de Santa Eudóxia, várias empresas apoiaram: Figueira Branca, Fazenda Buracão, Fazenda Paraguai, Postes Irpa, Fazenda Canaã, vereadores Roberto Mori Roda e Heleno Irami do Nascimento, e a Prefeitura Municipal, por meio da Administração Regional de Santa Eudóxia e do SAAE. O projeto expográfico foi elaborado pela Fundação Pró-Memória.O espaço abrigará objetos antigos de uso cotidiano e ferramentas de trabalho cedidos por famílias de moradores ligados ao distrito e painéis contando a história de Santa Eudóxia.“Esse é apenas o início do museu, que possibilitará que Santa Eudóxia guarde e cultive sua memória, permitindo que as gerações mais novas conheçam sua história e tenham orgulho do local onde vivem”, finalizou Newton Lima. 
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias