Menu
domingo, 17 de fevereiro de 2019
Cavalgada Solidária

Comissão Paixão Sertaneja processará autores de fakenews

09 Fev 2019 - 16h28Por Redação
Comissão Paixão Sertaneja processará autores de fakenews - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Na noite da última sexta-feira, 8, em sua Fanpage no Facebook, a Comissão Paixão Sertaneja, grupo são-carlense que organiza cavalgadas em São Carlos, divulgou um vídeo com o advogado Augusto Fauvel de Moraes, comunicando sobre a entrada das ações com a finalidade de processar internautas que lançaram nas redes sociais o chamado fakenews, ao postar fotos de animais vítimas de maus tratos e que estariam participando da 4ª Cavalgada Solidária que buscou arrecadar fundos para a Rede Feminina de Combate ao Câncer.

De acordo com os organizadores tal medida foi tomada uma vez que internautas buscaram denegrir o evento que teve a participação de mais de três mil pessoas e seus respectivos animais.

“Foram utilizadas imagens de animais do Google, na intenção de manchar a Cavalgada Solidária e tentando ludibriar as pessoas como se aqueles animais estivessem participado do evento. Agora serão responsabilizados civil e criminalmente” relatou Fauvel de Moraes.

A repercussão nas redes sociais com estes fatos e debates foi grande na semana. “ A Avenida São Carlos estava um bigbrother de ativistas e como não encontraram nada, usaram imagens maldosas para denegrir o evento. Disponibilizamos 16 mil litros de água em dezenas de caixas d’água. Graças a Deus tudo ocorreu bem, o que nos chateia é que na hora de consumir derivados do leite e comer churrasco estes ativistas não falam nada. Eles precisam é ajudar o próximo como fazemos. Quem sabe perdendo as ações, eles, pela primeira vez não ajudam alguém. O ativismo sadio faz bem, já o fanático é uma maldição para o andamento do mundo”, finalizou Rykoff Aidar, um dos organizadores.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias